Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Índice


Objetivo


O objetivo deste guia é demonstrar a configuração do fluig para utilização do fluig Viewer como visualizador interno.


Precondição


O servidor onde está instalado o fluig deve ter acesso externo liberado, pois o visualizador deve acessar a URL https://api.accusoft.com.br. Portanto, devem ser feitos os devidos ajustes de rede para que seja possível que o fluig acesse esse endereço.

Em casos onde existe um DNS na plataforma, recomendamos que a configuração seja feita seguindo a documentação Considerações de DNS para o fluig. Também é necessário configurar o proxy reverso de acordo com a documentação Configuração de Proxy Reverso.

Além disso, o fluig instalado no servidor deve estar na Atualização 1.5.8 ou superior.

Importante

Caso o fluig esteja abaixo da Atualização 1.5.12, é necessário utilizar a URL https://api.accusoft.com.


Região do servidor cloud


A configuração pode ser feita de acordo com a nuvem que deseja utilizar: 


Habilitando o fluig Viewer no fluig



    • Acesse o fluig com o usuário wcmadmin.


    • Acesse o Painel de Controle > WCM > Empresas.


    • Edite o cadastro da sua empresa.


    • Clique em Cadastrar dados adicionais.


    • Procure pelo parâmetro internalVisualizerServer.
      • Se ele existir, remova-o e cadastre-o novamente informando https://api.accusoft.com.br no campo Valor.
      • Se ele não existir, cadastre-o com o valor citado.
    • Procure pelo parâmetro oldViewer.
      • Se ele não existir não é necessário cadastrá-lo.
      • Se ele existir, remova-o.
    • Salve as alterações na tela Dados adicionais.
    • Salve as alterações na tela de cadastro da empresa.


    Por que configurar o proxy reverso?


    O proxy reverso é um procedimento que padroniza as configurações de direcionamento da URL do Fluig.

    Geralmente quando o fluig é instalado o endereço IP do servidor é utilizado (por exemplo, 172.188.95:8080). Porém, depois de algum tempo é muito comum que seja feito o redirecionamento desse endereço para um endereço nominal, como por exemplo, fluig.totvs.com.br.

    Como esse redirecionamento pode ser feito de várias formas - via switch, host do servidor, proxy - a configuração de proxy reverso padroniza a forma de redirecionamento da URL, pois nele é configurado o nome do servidor e o endereço externo.

    A configuração de proxy reverso é indicada nos casos onde o fluig não reconhece o endereço externo como se fosse seu endereço.

    Um caso muito comum é quando os documentos não são visualizados pela plataforma, apresentando a mensagem "Erro ao gerar a visualização do arquivo. Caso possua permissão, utilize a opção de download do documento" em tela (figura 1). Além dessa mensagem, o arquivo de log também registra a seguinte informação:

    INFO [com.totvs.technology.ecm.viewer.DocumentViewerUrlServlet] (default task-30) internalVisualizerServer: https://api.accusoft.com.br
    ERROR [com.totvs.technology.ecm.viewer.DocumentViewerUrlServlet] (default task-1) Connection failed and the session will be stopped: Connection timed out (Connection timed out): java.net.ConnectException: Connection timed out (Connection timed out)


    Figura 1 - Mensagem de erro ao visualizar documento


    O que acontece nesse caso é que o visualizador monta uma URL de stream do documento. O endereço dessa URL é o endereço de acesso - no caso, fluig.totvs.com.br:8080/stream/document...". O servidor recebe esse endereço e não o reconhece, pois para ele o endereço correto é 172.188.95. A configuração de proxy reverso faz com que o servidor entenda aquele prefixo na URL de stream como se fosse seu próprio endereço e permite a visualização dos documentos.