Child pages
  • Retrospectiva Sprint 6
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

O que fizemos bem?

  • Trabalhar com o Monitor UI (Ieda).
  • Conhecer a nova equipe (Ieda).
  • Participar das reuniões (Ieda).
  • Apoio da equipe nos testes (Ieda).
  • Planejamento das tarefas melhorou em relação à sprint anterior (Tudela).
  • Comunicação rápida para resolução de dúvidas (Francisco).
  • Demonstração das tarefas no final da sprint para receber feedback e compreender o trabalho dos demais (Francisco).

O que poderíamos ter feito melhor?

  • Documentação das Stories (Ieda).
  • Desenvolver orientado a testes (Ieda).
  • Pensar no final da esteira, ou seja, na fase de testes (Ieda).
  • Estimar as stories considerando o esforço de testes (Ieda).
  • Estimativas mais consistentes para permitir o particionamento de tarefas (Tudela).
  • Diminuir a quantidade/complexidade das tarefas por sprint, para obter mais tarefas concluídas (Francisco).

O que não pode mais acontecer?

  • Faltar informações que impeçam os testes (Ieda).
  • Subplanejar tarefas complexas (Tudela).

 

Acoes

  • Descrever as stories com detalhes suficientes para que seja possível responder à três perguntas: O que? Como? Por quê?
  • Investir tempo em detalhar as tarefas. Instituir a prática do grooming.