Child pages
  • Retrospectiva Sprint 8
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

O que foi bom?

  • Chegamos bem próximos de ter uma versão entregável ao cliente (sprint concluída 100%) (Francisco, Fábio, Fabiano, Ieda, Rafael).
  • Estamos priorizando testes unitários e integrados focando em finalizar as issues (Francisco, Ieda).
  • Foco na qualidade e na solução mais adequada (Caio).
  • O pessoal está se adaptando melhor à metodologia ágil (Fabiano).
  • Os membros da equipe demonstram sinergia e se apoiam, principalmente para testes (Ieda, Rafael).
  • Estamos estabilizando o monitor (Ieda).

O que pode melhorar?

  • Associação entre codificações e testes necessários para cada tarefa (Francisco).
  • Aumentar a distribuição de tarefas entre os membros, caminhando para uma equipe multidisciplinar (Francisco, Fábio).
  • Foco em entregar a sprint (Caio).
  • Melhorar a organização na execução das tarefas (Caio).
  • Controle dos acionamentos externos (Fabiano).
  • Quantidade de pontos da sprint x capacidade da equipe (Fabiano).
  • Encerramento das tarefas assim que terminam de fato (Fabiano).
  • Reuniões de acompanhamento podem ser mais objetivas (Ieda).
  • Maior detalhamento das tarefas, para subdividir de forma mais adequada (Rafael).

O que não pode acontecer mais?

  • Muitas tarefas de fora da sprint (Francisco, Fábio, Fabiano).
  • Acessos externos e desvios da sprint (Caio).
  • Chamados que demoram muito tempo para solucionar (ex. solicitar permissão a um repositório) (Francisco).
  • Sprints com excesso de pontos (mais de 200) (Ieda).
  • Esquecer dos apontamentos no JIRA (Rafael).
  • Esquecer de movimentar as tarefas (Rafael).

 

Ações

  • Comunicar o líder da equipe sempre que for solicitado a fazer algo não previsto na sprint.
  • Criar rotina para apontamento diário.
  • Investir nas reuniões de grooming.