Home

Linha Microsiga Protheus

Child pages
  • Parâmetros MV_APLFIN, MV_APLNAT e MV_APLAPRO -- 117135
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Boletim Técnico: Parâmetros MV_APLFIN, MV_APLNAT e MV_APLAPRO
Ocorrência
Melhoria
Resumo
Criado  o parâmetro MV_APLFIN , para permitir que as aplicações financeiras sejam enviadas no bloco F100 do SPED PIS/COFINS, como padrão o parâmetro fica .F. impedindo que o envio destas informações até que seja configurado.Criado o parâmetro MV_APLNAT para selecionar qual a natureza da aplicação financeira deve ser enviada na geração do bloco F100 do SPED PIS/COFINS. Criado o parâmetro MV_APLAPRO para selecionar qual de tipo de registro de apropriação irá realizar, podendo ser pelos movimentos bancários (SE5) ou Movimento Aplicacao/Emprestimo (SEI). Para que o bloco F100 do SPED PIS/COFINS envie as aplicações financeiras os dois parâmetros devem ser configurados. 
ID do Chamado
TEQV80
Produtos
  • Microsiga 11
  • Módulos
    • SIGAFIN
    Portais
    • nenhum
    Países
    • Brasil
    Sistema Operacional
  • todos
  • Bancos de Dados
    • todos
    Nome + Fonte
    MATXATU – Geração do bloco F100 do SPED PIS/COFINS
    Ajustes no Compatibilizador
    Sim
    Integridade Referencial
    Não
    Aplicação de Patch
    Compatibilizador 1
    - U_UPDFIN
    Procedimentos para Implementação

    O sistema é atualizado logo após a aplicação do pacote de atualizações (Patch) desta FNC.

     

    Antes de executar o compatibilizador U_UPDFIN é imprescindível:

    a)       Realizar o backup da base de dados do produto que será executado o compatibilizador (diretório “\PROTHEUS11_DATA\DATA”) e dos dicionários de dados "SXs" (diretório “\PROTHEUS11_DATA\ SYSTEM”).

    b)       Os diretórios acima mencionados correspondem à instalação padrão do Protheus, portanto, devem ser alterados conforme o produto instalado na empresa.

    c)        Essa rotina deve ser executada em modo exclusivo, ou seja, nenhum usuário deve estar utilizando o sistema.

    d)       Se os dicionários de dados possuírem índices personalizados (criados pelo usuário), antes de executar o compatibilizador, certifique-se de que estão identificados pelo nickname. Caso o compatibilizador necessite criar índices, irá adicioná-los a partir da ordem original instalada pelo Protheus, o que poderá sobrescrever índices personalizados, caso não estejam identificados pelo nickname.

    e)       O compatibilizador deve ser executado com a Integridade Referencial desativada*.

     

     

     

    O procedimento a seguir deve ser realizado por um profissional qualificado como Administrador de Banco de Dados (DBA) ou equivalente!

     

    A ativação indevida da Integridade Referencial pode alterar drasticamente o relacionamento entre tabelas no banco de dados. Portanto, antes de utilizá-la, observe atentamente os procedimentos a seguir:

     

                              i.     No Configurador (SIGACFG), veja se a empresa utiliza Integridade Referencial, selecionando a opção Integridade/Verificação (APCFG60A).

                            ii.     Se não há Integridade Referencial ativa, são relacionadas em uma nova janela todas as empresas e filiais cadastradas para o sistema e nenhuma delas estará selecionada. Neste caso, E SOMENTE NESTE, não é necessário qualquer outro procedimento de ativação ou desativação de integridade, basta finalizar a verificação e aplicar normalmente o compatibilizador, conforme instruções.

                           iii.     Se Integridade Referencial ativa em todas as empresas e filiais, é exibida uma mensagem na janela Verificação de relacionamento entre tabelas. Confirme a mensagem para que a verificação seja concluída, ou;

                           iv.     Se Integridade Referencial ativa em uma ou mais empresas, que não na sua totalidade, são relacionadas em uma nova janela todas as empresas e filiais cadastradas para o sistema e, somente, a(s) que possui(em) integridade está(arão) selecionada(s). Anote qual(is) empresa(s) e/ou filial(is) possui(em) a integridade ativada e reserve esta anotação para posterior consulta na reativação (ou ainda, contate nosso Help Desk Framework para informações quanto a um arquivo que contém essa informação).

                             v.     Nestes casos descritos nos itens “iii” ou “iv”, E SOMENTE NESTES CASOS, é necessário desativar tal integridade, selecionando a opção Integridade/ Desativar (APCFG60D).

                           vi.     Quando desativada a Integridade Referencial, execute o compatibilizador, conforme instruções.

                          vii.     Aplicado o compatibilizador, a Integridade Referencial deve ser reativada, SE E SOMENTE SE tiver sido desativada, através da opção Integridade/Ativar (APCFG60). Para isso, tenha em mãos as informações da(s) empresa(s) e/ou filial(is) que possuía(m) ativação da integridade, selecione-a(s) novamente e confirme a ativação.

     

    Contate o Help Desk Framework EM CASO DE DÚVIDAS!

     

     

    1.     Em Microsiga Protheus  Smart Client , digite U_UPDFIN no campo Programa Inicial.

    Para a correta atualização do dicionário de dados, certifique-se que a data do compatibilizador seja igual ou superior a 12/03/2012.

    2.     Clique em OK para continuar.

    3.     Ao confirmar é exibida uma mensagem de advertência sobre o backup e a necessidade de sua execução em modo exclusivo.

    4.     Clique em Sim para iniciar o processamento. O primeiro passo da execução é a preparação dos arquivos. É apresentada uma mensagem explicativa na tela.

    5.     Em seguida, é exibida a janela Atualização concluída com o histórico (log) de todas as atualizações processadas. Nesse log de atualização, são apresentados somente os campos atualizados pelo programa. O compatibilizador cria os campos que ainda não existem no dicionário de dados.

    6.     Clique em Gravar para salvar o histórico (log) apresentado.

    7.     Clique em OK para encerrar o processamento.

    Descrição de Ajustes

    1.     Criação no arquivo SX6 – Parâmetros:

    Nome da Variável

    MV_APLFIN

    Tipo

    Lógico

    Descrição

    Habilita o envio de aplicações financeiras no bloco F100 do SPED.      

    Valor Padrão

    .F.

    Z_DTFIM

    Nome da Variável

    MV_APLNAT

    Tipo

    Caracter

    Descrição

    Indica a Natureza das aplicações financeiras enviadas no bloco F100 do SPED.

    Valor Padrão

    Vazio

     

    Nome da Variável

    MV_APLAPRO

    Tipo

    Lógico

    Descrição

    Indica se utiliza SEI na busca de informações no bloco F100 do SPED na apropriação de aplicações ou se utiliza SE5 (.F.).

    Valor Padrão

    .T.

    Procedimentos para Configuração

    Procedimentos para Utilização

    Informações Técnicas

    Tabelas Utilizadas

    SEH – Controle Aplicação/Empréstimo

    SEI – Movimento Aplicacao/Emprestimo

    SE5 – M ovimentos Bancários

    Observações

    • No labels