Child pages
  • Integração TOTVS Logística OMS x Rotas Inteligentes by Maplink
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Pickup

O TOTVS Logística OMS dispõe de uma funcionalidade que permite planejar as rotas da carga de forma inteligente, por intermédio da organização da melhor rota de entrega dos Pedidos que compõem a carga.

Além disso, esta funcionalidade também sugere a melhor rota com base na carga já criada, apresentando em tela o desenho da trajetória no mapa.

ATENÇÃO!

Essa funcionalidade é adquirida separadamente do TOTVS Logística OMS, visto que a mesma requer integração com softwares parceiros para possibilitar a roteirização com base na geolocalização de endereços de entrega. 


O escopo desta integração abrange a ordenação dos pontos de entrega da carga (DAI) e a visualização do mapa com o caminho mais rápido para a entrega, apresentando a quilometragem que será realizada, bem como, o tempo que será consumido.

Não faz parte do escopo dessa integração:

  • Montar a carga de forma automática.
  • Apresentar e considerar os pedágios existentes no caminho definido.


  • Protheus versão 12.1.25 ou superior.
  • Configurações de ambiente realizadas de acordo com as instruções abaixo.

IMPORTANTE!

  • Não é escopo desse documento descrever a instalação do ERP Protheus, nem as suas configurações básicas. 

  • Para utilização da integração, do TOTVS Logística OMS  na versão 12.1.25 (ou superior) do Protheus deve estar com o ambiente atualizado com a última versão de RPO e o dicionário disponível na Central de Downloads TOTVS.

  • Para obter mais informações sobre como atualizar o dicionário de dados do Protheus 12, clique aqui.


Para o correto funcionamento das Rotas Inteligentes no TOTVS Logística OMS, os seguintes passos devem ser seguidos:

  • Para que seja possível apresentar a página HTML contendo a apresentação do mapa da rota no Protheus são necessárias algumas configurações no arquivo appserver.ini do ambiente.

appserver.ini
;Serviço webserver HTTP
[HTTP]
ENABLE=1
PATH=<Caminho_Cache_imagens>;  exemplo: C:\TOTVS\Protheus\data\web
PORT=<porta>; exemplo: 8082
INSTANCES=<nInicio>,<nMaximo>; exemplo: 1,10
SESSIONTIMEOUT=60
INSTANCENAME=WS_HTTP
 
[<ip ou nome>:<porta que deve ser igual à definida para a seção http>/oms]; exemplo: localhost:8082/oms
ENABLE=1
PATH=<Caminho_Cache_imagens>; deve ser o mesmo caminho do PATH da seção HTTP acima, exemplo: C:\TOTVS\Protheus\data\web
ENVIRONMENT=<ambiente>
INSTANCENAME=WS_OMSCARGA
RESPONSEJOB=JOB_WS_OMS
DEFAULTPAGE=wsindex.apw

[JOB_WS_OMS]
TYPE=WEBEX
ENVIRONMENT=<ambiente>
INSTANCES=<nInicio>,<nMaximo>; exemplo: 1,10
INSTANCENAME=JOB_WS_OMS
ONSTART=__WSSTART
ONCONNECT=__WSCONNECT
PREPAREIN=99,01
SIGAWEB=WS
  • Para evitar inconsistências do tipo Failed Handshake SSL, recomenda-se incluir a seguinte configuração no appserver.ini caso a versão seja inferior à 13.1.3.26 e 13.2.3.26:
appserver.ini
[SSLConfigure]
TryProtocols=1
Verbose=1

É necessário que os arquivos para a apresentação Web (showrota.html, tmsimg32.png e totvstec.js), responsáveis pela projeção do mapa em tela, sejam armazenados na pasta definida na seção HTTP, tag PATH do appserver.ini.

Clique no link para baixar os arquivos: web.zip

Caso sua versão do Protheus seja inferior a 12.1.27 será necessário a aplicação de alguns pacotes de dicionário para a geração dos novos campos e tabelas da integração.

  • Aplique o pacote de dicionário Dicionário_OMS_sdfbra.zip pelo UPDDISTR, para criar os campos da necessários à roteirização.
    • Após a aplicação, verifique se a tabela DK4 foi criada.
  • Aplique o pacote de dicionário Parâmetro_OMS_sdfbra.zip, para criar o parâmetro MV_ROTAINT pertencente a roteirização.
    • Após a aplicação, verifique se o parâmetro MV_ROTAINT foi criado.
  • Aplique o pacote de dicionário Geolocalizacao_sdfbra.zip pelo UPDDISTR, para criar os campos da integração referentes a geolocalização dos cadastros de clientes. 
    • Após a aplicação, verifique se a tabela DLV foi criada.
  • Atualize o menu do OMS com o arquivo: sigaoms.zip
    • Após a atualização, acesse o menu do OMS e verifique se existe o caminho Atualizações > Rotas Inteligentes.
  • Utilize o pacote Rotas_Inteligentes_OMS.zip para atualizar as rotinas OMS, aceitando somente os fontes atualizados.
    Importante: Pacote compatível para versões iguais ou superiores à 12.1.25. 

    • Após a aplicação do pacote, verifique se os fontes do RPO estão com data igual ou superior ao da lista abaixo:

      • OMSA200.prw - data mínima: 23/09/2019

      • OMSA205A.prw- data mínima: 07/08/2019

      • OMSBCAMapLinkAccessToken.prw- data mínima: 07/08/2019

      • OMSBCAMapLinkPlanning.prw- data mínima: 07/08/2019

      • OMSBCAMapLinkTrip.prw- data mínima: 07/08/2019

      • OmsMapLink.prw- data mínima: 23/09/2019

  • Utilize o pacote Rotas_Inteligentes_Geolocalização.zip para atualizar os fontes referentes a geolocalização dos endereços, aceitando somente os fontes atualizados.
    Importante: Pacote compatível para versões iguais ou superiores à 12.1.25. 

    • Após a aplicação do pacote, verifique se os fontes do RPO estão com data igual ou superior ao da lista abaixo:

      • CRM980EventDEFTMS.prw - data mínima: 29/08/2019

      • TMSAO15.prw - data mínima: 20/08/2019

      • TMSAO46.prw - data mínima: 26/08/2019

      • TMSAO47.prw - data mínima: 20/08/2019

      • TMSAO48.prw - data mínima: 05/09/2019

      • TMSAO49.prw - data mínima: 24/07/2019

      • TMSAO50.prw - data mínima: 24/07/2019

      • TMSAO51.prw - data mínima: 20/08/2019

      • TMSAO52.prw - data mínima: 24/07/2019

      • TMSAO53.prw - data mínima: 10/07/2019

      • MATN030 - data mínima: 02/08/2019

Para que a integração seja ativada no OMS é necessário alterar o conteúdo dos parâmetros MV_ROTAINT e MV_MAPLINK para .T. Para isso, pode ser utilizada a rotina inicial SIGACFG.

Além disso, é necessário cadastrar o client id e secret id da licença fornecida pela TOTVS para que seja possível consumir as APIs de roteirização. Para isso, acesse SIGAOMS > Atualizações > Rotas Inteligentes > Configurações e inclua um novo registro informando os campos ID Cliente (DLV_ID), Client Secret (DLV_SECRET), App ID GeoCo (DLV_APPID), App Code Geo (DLV_APPCOD), de acordo com os dados da licença adquirida. 

A roteirização ocorre com base nas coordenadas (latitude e longitude) dos endereços de entrega. Por conta disso, é imprescindível verificar se os clientes (SA1) estão devidamente cadastrados, com as informações de Endereço, Bairro, CEP, Cidade e Estado preenchidas.

Além de verificar o cadastro dos clientes, é necessário verificar também se cadastro da Filial possui as informações do endereço preenchidas. As coordenadas do endereço da Filial serão utilizadas como referência para o ponto de partida da carga.

A verificação do cadastro da Filial pode ser realizada pelo Configurador (SIGACFG).

A gravação das coordenadas de geolocalização ocorrem nos seguintes pontos do sistema:

  • Ao enviar a carga para planejamento e o cliente ainda não está geolocalizado.
  • Ao alterar um cadastro de cliente.
  • Ao incluir um cadastro de cliente.

Portanto, se um cliente sofrer mudança de endereço, na alteração do cadastro a geolocalização será atualizada.

A tabela responsável por armazenar a geolocalização dos endereços trata-se da DAR (Entidade x Coordenada Geoproc).


A utilização das funcionalidades de Rotas Inteligentes by Maplink do TOTVS Logística OMS ocorre após a carga montada, seguindo o seguinte fluxo:

  1. Acesse a rotina de Montagem de Carga (OMSA200).
  2. Posicione em uma carga e clique em Outras Ações > Planejar Roteirização.
    Neste momento a carga será planejada, portanto, o Status da Rot. (campo encontrado no browse) passará de Não integrada para roteirização para Aguardando planejamento.
  3. Quando o Status da Rot. constar como Roteirizada, significa que a carga teve seus pontos de entrega (DAI) organizados conforme o melhor trajeto definido pelo roteirizador e que o mapa está pronto para ser visualizado.
    Então, clique em Outras Ações > Visualizar Roteirização para visualizar o trajeto do mapa.