Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

01. DADOS GERAIS

Linha de Produto:Microsiga Protheus
Segmento:Supply Chain - Logística
Módulo:TOTVS Logística TMS
Função:

TMSXFUNB - Funções Genéricas

TMSREPOM - Integração REPOM

Ticket:6309231
Requisito/Story/Issue (informe o requisito relacionado):DLOGTMS03-7643
DLOGTMS03-7748


02. SITUAÇÃO/REQUISITO

A ANTT abriu um processo para revisão da regulação do pagamento eletrônico de frete, que atualmente é regida pela resolução *3.658/2011. Seguindo os trâmites legais foi constituída a Audiência Pública número **4/2019*, cuja sessão presencial ocorreu em 10/06/2019 e contribuições foram acatadas até dia 23/06/2019 às 18:00 através do site da agência.

De forma sintética os principais pontos de alteração propostos são:

· CIOT será exigido para contratação de *todas* as operações de transporte (ETC, CTC, TAC e TAC Equiparado)

· CIOT passará a controlar a aplicação do Piso Mínimo de Frete e só será gerado pela ANTT caso o piso seja respeitado.


Adequações necessárias:

Para que o CIOT possa atender aos novos requisitos será necessário que os contratantes de frete enviem para a ANTT informações que atualmente não são exigidas, como por exemplo:

a. CEP de Origem e Destino

b. Distância entre Origem e Destino

c. Tipo de Carga (Conforme Tabela de Piso Mínimo)

03. SOLUÇÃO

Implementada na rotina de Geração de Contrato (emitecontrato.xml) junto a Repom para cumprir as novas exigências da ANTT com envio das tags: <cep_origem>, <cep_destino>, <distancia_percorrida>, <código_tipo_carga>

1- CEP da Origem/Destino
Para o CEP de Origem/Destino do Roteiro da Viagem, será respeitado a seguinte regra:

  • Viagem de Coleta com parâmetro MV_ULTDEST = .T.

Quando for realizado o Fechamento da Viagem de Coleta e o parâmetro MV_ULTDEST estiver habilitado (.T.), o CEP da Origem da viagem será o CEP do remetente ou do solicitante (dependendo do local de coleta, campo DT5_LOCCOL) do último documento da viagem(maior DUD_SEQUEN).

Vale ressaltar que também será considerado a sequencia de endereço quando a mesma for informada na solicitação de coleta(DT5_SEQEND),


  • Viagem de Coleta com o parâmetro MV_ULTDEST = .F.

Quando for realizado o Fechamento da Viagem de Coleta e o parâmetro MV_ULTDEST estiver desabilitado (.F.), o CEP da Origem da viagem será o CEP da Filial de Origem da mesma, independente do Local de Coleta.

Observação: No caso da Viagem de Coleta o CEP de Destino sempre será o CEP da Filial de Origem da Viagem, independente do conteúdo do parâmetro: MV_ULTDEST.


  • Viagem de Entrega com parâmetro MV_ULTDEST = .T.

Quando for realizado o Fechamento da Viagem de Entrega e o parâmetro MV_ULTDEST estiver habilitado (.T.), o CEP do Destino da viagem será o CEP do Destinatário do último documento da viagem  (maior DUD_SEQUEN).


  • Viagem de Entrega com parâmetro MV_ULTDEST = .F.

Quando for realizado o Fechamento da Viagem de Entrega e o parâmetro MV_ULTDEST estiver desabilitado (.F.) o CEP do Destino será o mesmo CEP da Origem, ou seja será o CEP da Filial de Origem da viagem. Essa regra foi adotada, tendo em vista que a viagem só será finalizada quando o veículo retornar para a Filial.

Isso fará com que no cálculo da KM da Viagem, será considerado a ida e volta da Viagem. Posteriormente nesse documento, incluiremos as regras de cálculo da KM.


  • Viagem de Transferência

Quando for realizado o Fechamento da Viagem de Transferência, sempre será considerado como CEP de Origem, o CEP da Filial de Origem da Viagem e o CEP de Destino será o CEP da última Filial de Descarga da Viagem.

04. PROCEDIMENTO DE IMPLANTAÇÃO

Aplique o patch do chamado e execute a atualização do pacote de dicionário de dados para a criação dos novos campos.

O pacote de dicionário de dados estará disponível apenas no release 12.1.27 com expedição em fevereiro/2020.

05. ATUALIZAÇÕES DO COMPATIBILIZADOR

Criação dos Campos no arquivo SX3 - Campos:

Tabela DLO - Tipo de Operação da Viagem


CampoDescrição
TipoDLO_CODTPC
Tamanho2
Formato@!
DescriçãoCodigo Tipo Carga ANTT
UsadoSim
ObrigatórioNão
BrowseSim
Val.SistemaExistCpo("SX5","O4"+M->DLO_CODTPC)
Help

Código do Tipo de Carga transportada, conforme tabela da ANTT.

CampoDescrição
TipoDLO_CODTPC
Tamanho30
Formato@!
DescriçãoDescriçao do Tipo Carga
UsadoSim
ObrigatórioNão
BrowseSim
Help

Descriçao do Tipo de Carga transportada, conforme tabela da ANTT.


Criação da Tabela Genérica no arquivo SX5 - Tabelas.Tabela O4 - Tabela com código do Tipo de Carga ANTT

ChaveDescrição
01Carga Geral
02Carga a Granel
03Carga Frigorificada
04Carga Perigosa
05Carga Neogranel


06. PROCEDIMENTO DE UTILIZAÇÃO

Código do Tipo de Carga

  • Acesse Atualizações / Transporte / Tipo de Operação da Viagem (TMSA039).
  • Selecione a opção Incluir.
  • Informe um código para o Tipo de Operação (DLO_CODIGO).
  • Informe a descrição para o Tipo de Operação (DLO_DESCRI).
  • Selecione um Tipo de Carga (DLO_CODTPC).
  • Confirme.

Distância Percorrida

  • Acesse Atualizações / Logística / Distâncias (TMSA170).
  • Selecione a opção Incluir.
  • Informe um Código de Região de Origem  (DVA_CDRORI).
  • Informe um Código de Região de Destino  (DVA_CDRDES).
  • Informe o Tipo de Transporte   (DVA_TIPTRA).
  • Informe o KM  (DVA_KM).
  • Confirme
    Observação: Efetue o cadastro das distâncias para as Origens/Destinos do roteiro da viagem.

Viagem

  • Acesse Atualizações / Viagens / Rodoviário Entrega / Viagens (modelo 2).
  • Selecione a opção Incluir.
  • Confirme os parâmetros.
  • Informe a Rota (integrada com a REPOM).
  • Informe o Tipo de Operação da Viagem (DTQ_TPOPVG).
  • Informe os Documentos da Viagem
  • Em Complemento da Viagem, informe os campos necessários para a integração com a Operadora de Frotas REPOM.
  • Confirme a viagem.
  • Em seguida efetue o Fechamento da Viagem.