Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Composição de valores para registro H020 do arquivo magnético SPED fiscal 

Características do Requisito

Linha de Produto:

Protheus 11 e 12

Segmento:

Fiscal

Módulo:

Livros Fiscais

Rotina:

Rotina

Nome Técnico

FISA116

Composição de valores de ICMS

Chamados Relacionados

TUHLGQ

País(es):

Brasil

Banco(s) de Dados:

Todos

Tabelas Utilizadas:

F0M

Sistema(s) Operacional(is):

Todos

Descrição

Incluido Rotina FISA116 para calculo da base e valor de ICMS para registro H020 SPED FISCAL

Esta rotina terá objetivo de realizar a composição dos valores a serem gerados no registro H020 do SPED Fiscal. Os valores serão compostos basicamente considerando inventario conforme data de fechamento de estoque informada, e as opções de regras pré definidas, já que a forma de obter os valores é diferente em alguns Estados.

Uma vez os valores já calculados, serão gravados em tabela, ficando assim disponíveis para a geração do SPED Fiscal no registro H020.
Para o processamento da rotina, o usuário deverá informar a data de fechamento do estoque, e definir das opções do combo, qual será a regra aplicada para processar os valores de ICMS. Após confirmação destas informações, a rotina deverá processar todos os produtos em estoque que tiverem alteração de tributos, ou seja, que tiver o campo B5_ALTTRIB igual a “1-Sim”, aplicar a regra selecionada e gravar as informações na tabela.
Esta rotina deverá ser processada por cada filial que irá entregar o SPED Fiscal, já que o mesmo produto poderá ser processado com regras diferentes dependendo do estado do Cliente, pois pode ser o caso de possuir filiais em vários Estados, e o cadastro de produto for compartilhado. O processamento é baseado na regra pré definida, que pode ser utilizada para mais de um Estado.


Importante

Antes de executar o compatibilizador u_updsigafis é imprescindível:

  • Realizar o backup da base de dados do produto que será executado o compatibilizador (diretório PROTHEUS_DATA\DATA, se versão 10, ou \PROTHEUS11_DATA\DATA, se versão 11) e dos dicionários de dados SXs (diretório PROTHEUS_DATA_SYSTEM, se versão 10, ou \PROTHEUS11_DATA\SYSTEM, se versão  11).
  • Os diretórios acima mencionados correspondem à instalação padrão do Protheus, portanto, devem ser alterados conforme o produto instalado na empresa.
  • Essa rotina deve ser executada em modo exclusivo, ou seja, nenhum usuário deve estar utilizando o sistema.
  • Se os dicionários de dados possuírem índices personalizados (criados pelo usuário), antes de executar o compatibilizador, certifique-se de que estão identificados pelo nickname. Caso o compatibilizador necessite criar índices, irá adicioná-los a partir da ordem original instalada pelo Protheus, o que poderá sobrescrever índices personalizados, caso não estejam identificados pelo nickname.
  • O compatibilizador deve ser executado com a Integridade Referencial desativada*.


Atenção

O procedimento a seguir deve ser realizado por um profissional   qualificado como Administrador de Banco de Dados (DBA) ou equivalente!

A ativação indevida da Integridade Referencial pode alterar   drasticamente o relacionamento entre tabelas no banco de dados. Portanto,   antes de utilizá-la, observe atentamente os procedimentos a seguir:

  1. No   Configurador (SIGACFG), veja se a empresa utiliza Integridade   Referencial, selecionando a opção Integridade/Verificação   (APCFG60A).
  2. Se não   há Integridade Referencial ativa,   são relacionadas em uma nova janela todas as empresas e filiais cadastradas   para o sistema e nenhuma delas estará selecionada. Neste caso, E SOMENTE NESTE, não é necessário   qualquer outro procedimento de ativação   ou des_PDORIativação de integridade, basta finalizar a verificação e aplicar   normalmente o compatibilizador, conforme instruções.
  3.  Se há Integridade Referencial ativa   em todas as empresas e filiais, é   exibida uma mensagem na janela Verificação   de relacionamento entre tabelas. Confirme a mensagem para que a   verificação seja concluída, ou;
  4.  Se   há Integridade Referencial ativa   em uma ou mais empresas, que não   na sua totalidade, são relacionadas em uma nova janela todas as empresas e   filiais cadastradas para o sistema e, somente, a(s) que possui(em)   integridade está(arão) selecionada(s). Anote qual(is) empresa(s) e/ou   filial(is) possui(em) a integridade ativada e reserve esta anotação para   posterior consulta na reativação (ou ainda, contate nosso Help Desk Framework   para informações quanto a um arquivo que contém essa informação).
  5. Nestes   casos descritos nos itens “iii” ou   “iv”, E SOMENTE NESTES CASOS, é necessário desativar tal integridade, selecionando a opção Integridade/ Desativar (APCFG60D).
  6.  Quando desativada a Integridade Referencial,   execute o compatibilizador, conforme instruções.
  7. Aplicado o compatibilizador, a Integridade   Referencial deve ser reativada, SE E   SOMENTE SE tiver sido desativada, através da opção Integridade/Ativar (APCFG60). Para isso, tenha em mãos as   informações da(s) empresa(s) e/ou filial(is) que possuía(m) ativação da   integridade, selecione-a(s) novamente e confirme a ativação.


Contate o Help Desk Framework EM CASO DE DÚVIDAS!


  1. Em Microsiga Protheus® Smart Client digite u_updsigafis no campo Programa Inicial.
  2. Clique em OK para continuar.
  3. Ao confirmar é exibida uma mensagem de advertência sobre o backup e a necessidade de sua execução em modo exclusivo.
  4. Clique em Processar para iniciar o processamento. O primeiro passo da execução é a preparação dos arquivos. É apresentada uma mensagem explicativa na tela.
  5. Em seguida, é exibida a janela Atualização concluída com o histórico (log) de todas as atualizações processadas. Nesse log de atualização são apresentados somente os campos atualizados pelo programa. O compatibilizador cria os campos que ainda não existem no dicionário de dados.
  6. Clique em Gravar para salvar o histórico (log) apresentado.
  7. Clique em OK para encerrar o processamento.
    .

 

Configurações do Menu 

  • No Configurador (SIGACFG) acesse Ambiente/Cadastros/Menus e inclua no menu do módulo Livros Fiscais (SIGAFIS) a opção para execução do Cadastro, conforme especificação a seguir:  

Menu

Atualizações

Submenu

SPED

Nome da Rotina

Comp. Val. ICMS H020

Programa

FISA116

Módulo

09

Tipo

01

Tabelas

F0M


Atualizações do Compatibilizador

 

  1. Criação de Índices no arquivo SIX

 

  • F0M – Composição dos valores de ICMS

 

Ordem
Chave
Descrição
1F0M_FILIAL+F0M_DTFECH+F0M_CODIGO+F0M_CST+F0M_SITUA+F0M_CLIFOR+F0M_LOJA+F0M_REGRADt. Fecham.+Codigo+CST+Situacao+Clifor+Loja+Regra



  1. Criação de Perguntas no arquivo SX1 – Cadastro de Perguntes:

 

Grupo

FISA116

Ordem

01

Pergunta

Data de Fechamento Inventario

Tipo

Data

Tamanho

8

 

 

Grupo

FISA116

Ordem

02

Pergunta

Regra a ser Aplicada

Tipo

Caracter

Tamanho

1

Opções

1-Md.Pd.ICMS/ST

2-Cust.Méd. MVA

3-Pr+Seg+fret–IPI

4-Legis. Esp.



Grupo

FSR116

Ordem

01

Pergunta

Data de Fechamento Inventario

Tipo

Data

Tamanho

8



          2.  Criação do Campo no arquivo SX2

Chave

Nome

Modo

Pyme

F0M

Composição dos valores de ICMS

Exclusivo

Sim


3.  Criação do Campo no arquivo SX3 – Campos:

 

 

Campo

F0M_FILIAL

Tipo

Caracter

Tamanho

2

Decimal

0

Formato

@!

Título

Filial

Descrição

Filial do Sistema

Usado

Não

Obrigatório

Não

Browse

Sim

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

Grupo de Campos

033 - Tamanho da Filial

 

Campo

F0M_REGRA

Tipo

Caracter

Tamanho

1

Decimal

0

Formato

@!

Título

Regra Calc

Descrição

Regra de Calculo

Usado

Sim

Obrigatório

Sim

Browse

Sim

Opções

1=Méd. Pond. Base de ICMS ST; 2=Custo Méd. com MVA; 3=Pr+Seg+fret – IPI; 4=Leg. Específica

Val. Sistema

Pertence("1234")

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

 

Campo

F0M_SITUA

Tipo

Caracter

Tamanho

1

Decimal

0

Formato

@!

Título

Situação

Descrição

Situação

Usado

Sim

Obrigatório

Sim

Browse

Sim

Opções

0=Item em seu poder; 1=Item em posse de terceiros; 2=Item de terc. em posse do informante

Val. Sistema

Pertence("012")

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

 

Campo

F0M_DTFECH

Tipo

Data

Tamanho

8

Decimal

0

Formato

99/99/9999

Título

Dt. Fecham.

Descrição

Dt. Fechamento de estoque

Usado

Sim

Obrigatório

Sim

Browse

Sim

Val. Sistema

DataValida()

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

 

Campo

F0M_CODIGO

Tipo

Caracter

Tamanho

15

Decimal

0

Formato

@!

Título

Codigo

Descrição

Codigo do Produto

Usado

Sim

Obrigatório

Sim

Browse

Sim

Val. Sistema

ExistCpo("SB1")

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

Cons. Padrão

SB1

 

Campo

F0M_CST

Tipo

Caracter

Tamanho

3

Decimal

0

Formato

@!

Título

Sit.Tribut.

Descrição

Situacao Tributaria

Usado

Sim

Obrigatório

Sim

Browse

Sim

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

 

Campo

F0M_BASICM

Tipo

Numérico

Tamanho

14

Decimal

2

Formato

@E 999,999,999.99

Título

Base Unit

Descrição

Base unitaria de ICM

Usado

Sim

Obrigatório

Sim

Browse

Sim

Val. Sistema

Positivo()

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

Gatilhos

Sim

 

Campo

F0M_ALIQ

Tipo

Numérico

Tamanho

6

Decimal

2

Formato

@E 999.99

Título

Aliq. ICM

Descrição

Aliquota de ICMS

Usado

Sim

Obrigatório

Sim

Browse

Sim

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

 

Campo

F0M_VALICM

Tipo

Numérico

Tamanho

14

Decimal

2

Formato

@E 999,999,999.99

Título

Vlr.Unit.ICM

Descrição

Valor unitario ICMS

Usado

Sim

Obrigatório

Sim

Browse

Sim

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

Gatilhos

Sim

 

Campo

F0M_MVA

Tipo

Numérico

Tamanho

6

Decimal

2

Formato

@E 999.99

Título

MVA

Descrição

Margem Vlr. ICMS/ST

Usado

Sim

Obrigatório

Não

Browse

Sim

Val. Sistema

Positivo()

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

Gatilhos

Sim

 

Campo

F0M_QUANT

Tipo

Numérico

Tamanho

14

Decimal

2

Formato

@E 999,999,999.99

Título

Quantidade

Descrição

Quantidade em estoque

Usado

Sim

Obrigatório

Sim

Browse

Sim

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

 

Campo

F0M_VALCMD

Tipo

Numérico

Tamanho

18

Decimal

4

Formato

@E 9,999,999,999,999.9999

Título

V. C. Med.

Descrição

Valor Custo Médio

Usado

Sim

Obrigatório

Não

Browse

Sim

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

 

Campo

F0M_CLIFOR

Tipo

Caracter

Tamanho

6

Decimal

0

Formato

@!

Título

Cli/For

Descrição

Cliente / Fornecedor

Usado

Sim

Obrigatório

Não

Browse

Sim

Contexto

Real

Validaçãovazio() .Or. (ExistCpo('SA1') .Or. ExistCpo('SA2'))

Propriedade

Alterar

Grupo de Campos

001 - Codigo Cliente/Fornecedor

 

Campo

F0M_LOJA

Tipo

Caracter

Tamanho

4

Decimal

0

Formato

@!

Título

Loja

Descrição

Loja Cliente / Fornecedor

Usado

Sim

Obrigatório

Não

Browse

Sim

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

Grupo de Campos

002 - Loja Cliente/Fornecedor

 

Campo

F0M_TOTICM

Tipo

Numérico

Tamanho

18

Decimal

4

Formato

@E 9,999,999,999,999.9999

Título

Total ICMS

Descrição

Valor total de ICMS

Usado

Sim

Obrigatório

Não

Browse

Sim

Contexto

Real

Propriedade

Alterar

 

Campo

F0M_DESPRO

Tipo

Caracter

Tamanho

50

Decimal

0

Formato

@!

Título

Des. Produto

Descrição

Descrição Produto

Usado

Sim

Obrigatório

Não

Browse

Sim

Contexto

Virtual

Propriedade

Visualizar

RelaçãoIif( INCLUI , "" , Posicione ( "SB1" , 1 , xFilial("SB1") + F0M_CODIGO , "B1_DESC" ) )

Campo

F0M_UM

Tipo

Caracter

Tamanho

15

Formato

@!

Título

Unidade

Descrição

Unidade de Medida

Usado

Sim

Obrigatório

Não

Browse

Sim

Contexto

Virtual

Consulta PadrãoSAH

Propriedade

Visualizar

Help

Unidade de Medida

ValidaçãoExistCpo("SAH")

 

Campo

F0M_VUNIT

Tipo

Numérico

Tamanho

18

Decimal

6

Formato

@E 99,999,999,999.999999

Título

Valor Unit.

Descrição

Valor Unitário

Usado

Sim

Obrigatório

Não

Browse

Sim

Contexto

Real

HelpValor Unitário do produto

Propriedade

Alterar

 


Campo

F0M_TPCF

Tipo

Caracter

Tamanho

1

Formato

@!

Título

Cli/For

Descrição

Cliente/Fornecedor

Usado

Sim

Obrigatório

Não

Browse

Sim

Contexto

Virtual

OpçõesC=Cliente;F=Fornecedor

Propriedade

Visualizar

Help

Indica se participante é cliente ou fornecedor.

ValidaçãoVazio().or. Pertence("CF")

 


Campo

F0M_CONTA

Tipo

Caracter

Tamanho

20

Formato

@!

Título

Cta Contabil

Descrição

Conta Contábil

Usado

Sim

Obrigatório

Não

Browse

Sim

Contexto

Virtual

Consulta PadrãoCT1
Grupo033

Propriedade

Visualizar

Help

Indica se participante é cliente ou fornecedor.

Validaçãovazio().or. Ctb105Cta()

 

4.  Criação do parâmetro no arquivo SX6 – parâmetros:

 

Itens/Pastas

Descrição

Nome

MV_TXTH020

Tipo

Caracter

Descrição

Informe texto complementar para compor campo 09-TXT_COMPL do registro H010 quando existir Registro H020 correspondente


5.  Criação do parâmetro no arquivo SX6 – Gatilhos

 

Campo

F0M_BASICM

Sequência

001

Cnt. Domínio

F0M_VALICM

Tipo

P - Primário

Regra

(M->F0M_BASICM * (M->F0M_ALIQ/100))

 

 

Campo

F0M_MVA

Sequência

001

Cnt. Domínio

F0M_BASICM

Tipo

P - Primário

Regra

((M->F0M_VALCMD*(1 + M->F0M_MVA))/M->F0M_QUANT)

 

 

Campo

F0M_VALICM

Sequência

001

Cnt. Domínio

F0M_TOTICM

Tipo

P - Primário

Regra

(M->F0M_VALICM * M->F0M_QUANT)


Procedimento para importação e SPED FISCAL

As regras disponíveis serão as:

  •  Média Ponderada da Base de ICMS ST;
  •  Custo Médio com MVA;
  •  Preço + seguro + frete – IPI
  •  Valor definido através de legislação específica


As informações a serem processadas por produto são:

  •  CST de ICMS = B1_ORIGEM+B1_CLASFIS
  •  Base de Cálculo do ICMS = Obtido através da regra selecionada pelo usuário
  •  Valor do ICMS = Obtido através da regra selecionada pelo usuário

Definição das regras

A base de cálculo será calculada em função da regra selecionada pelo usuário, porém a alíquota interna será gerada da mesma forma em todas as regras, considerando alíquota informada no cadastro de produto B1_PICM, ou então a do parâmetro MV_ICMPAD caso o campo B1_PICM estiver zerado. 


Média Ponderada da Base de ICMS ST

Esta regra basicamente irá fazer a média ponderada da base de cálculo do ICMS ST das últimas aquisições do produto processado, considerando a quantidade em estoque, ou seja, se houver 100 unidades do produto em estoque, então deverão ser consideradas tantas notas fiscais necessárias para compor a quantidade de 100 unidades, e então fazer a média ponderada:
Base de cálculo unitária = Somatório da Base de Cálculo ICMS ST / Quantidade em estoque


Custo Médio com MVA

Nesta regra o cálculo será feito considerando o valor do custo médio já calculado pelo estoque, devendo somente aplicar o MVA. Então ficará da seguinte maneira:
Base de cálculo unitária = (Valor do Custo Médio * (1 + MVA do produto)) / Quantidade em estoque
Lembrando que o MVA poderá ser informado nos cadastros de Produto, Exceção Fiscal e UFxUF, porém não conseguimos obter o MVA destes cadastros, por exemplo se o MVA for definido na Exceção Fiscal, não conseguiremos posicionar na linha correta somente com código de produto, não podemos utilizar MVA gravados na nota, pois é o valor utilizado na época, pode ter sido alterado, além do cenário da exclusão do ST, os cadastros não terão mais o MVA preenchido. Por este motivo para esta regra de cálculo o usuário deverá informar manualmente o valor do MVA vigente após o processamento do do inventario.


Preço + seguro + frete – IPI

Já para esta regra, a base de cálculo será obtida pelo somatório do valor do preço + seguro + frete – IPI das últimas aquisições do produto. As notas de aquisições a serem consideradas deverão ser as mais recentes, e as notas deverão ser suficientes para compor a quantidade informada em estoque, ou seja, se houver 100 unidades do produto em estoque, então deverão ser consideradas tantas notas fiscais necessárias para compor a quantidade de 100 unidades, e então fazer a média ponderada, já que a base de cálculo é unitária.
Base de Cálculo unitária = (Somatório do preço de aquisição + seguro + frete – IPI) / Quantidade em estoque


Valor definido através de legislação específica

Esta regra será aplicada para as situações onde a base de cálculo unitária deverá ser definida através de valores publicados na legislação que trata deste produto no regime de ST, que podem ser diversas legislações de diversos produtos variando ainda por Estado, além de poderem ser alteradas, ficando assim inviável realizar o mapeamento destas informações no sistema. Por este motivo, quando selecionada esta regra, a rotina irá preencher somente o CST de ICMS e alíquota interna do produto, ficando por conta do usuário informar o valor da base de cálculo unitária da legislação específica.


Média ponderada da base de ICMS ST rec. anteriormente 

Esta regra basicamente irá fazer a média ponderada da base de cálculo do ICMS ST das últimas aquisições do produto processado, considerando a quantidade em estoque, ou seja, se houver 100 unidades do produto em estoque, então deverão ser consideradas tantas notas fiscais necessárias para compor a quantidade de 100 unidades, e então fazer a média ponderada:
Base de cálculo unitária = Somatório da Base de Cálculo ICMS ST / Quantidade em estoque

Importante

Esta regra considera apenas produtos cujo classificação fiscal de estoque (B1_CLASFIS) seja 60 - Recolhido anteriormente




Relatório com Listagem dos valores calculados

Este relatório irá buscar as informações da nova tabela populada pela rotina que calcula as informações de ICMS


Geração do Registro H020.

Atualmente o registro H020 é gerado com o valor do custo médio, gerado pelo inventario, considerando também a opção de alteração de tributação no complemento do produto o B5_ALTTRIB. Porém com esta implementação, teremos mais de uma forma de geração.
A primeira delas será através de ponto de entrada, o SPEDH020, onde o usuário irá retornar todos os valores do H020. A segunda forma é verificar se existe informação gravada para o produto e data de fechamento de estoque, se houver, então H020 deverá ser gerado com informações já processadas pela nova rotina. Se não houver ponto de entrada e nem informações na nova tabela, então deverá processar como sempre fez com o custo médio. Lembrando que a data de fechamento do estoque informada no SPED Fiscal deverá ser a mesma data informada no processamento da nota rotina.


Da demonstração dos créditos ou débitos mediante alteração da tributação

Quando um determinado produto é excluído do regime de ST, trata-se de hipótese de crédito para o contribuinte, pois as saídas destes produtos serão agora tributadas, porém ele não tomou crédito quando comprou a mercadoria, já que estava prevista no regime ST, então para compensar o contribuinte ele terá direito aos créditos destes produtos levantados no estoque.


Já quando um determinado produto é incluído no regime de ST, então trata-se de hipótese de débito, pois as saídas não serão mais tributadas, porém o contribuinte tomou crédito na aquisição, e como o produto está no regime de ST não tem direito ao crédito de ICMS.


Cada Estado irá determinar como proceder na utilização dos créditos e pagamento destes débitos, se será através de ajuste, através de nota, parcelado ou integral.

Na nesta implementação, os seguintes estados estavam vinculados:ES, AM, SC, RS, SP e MS.


  •  O Estado do ES orienta lançar os valores diretamente na apuração de ICMS com código de ajuste, através de ajuste de apuração, que já é possível hoje.
  •  Porém solicita que no registro H010, campo 09 seja gerado com a seguinte expressão: "Levantamento de estoque para efeitos do art. 1.198 do RICMS/ES”. Avaliar para que o campo 09 do H010 seja gerado com esta expressão.
  • Para que esta informação seja preenchida no registro H020 deve ser alterado parâmetro MV_TXTH020


  •  O Estado de AM também orienta lançar os valores em 4 parcelas através de ajuste diretamente na apuração do ICMS com código de ajuste, que já é contemplado.


  •  O Estado de RS deverá ser lançado em 4 parcelas, através de ajuste de documento fiscal no registro C197, que também é contemplado, porém tem dois detalhes, o primeiro é que o valor não deverá constar no registro C100/C190, o segundo é que deverá ter a expressão do número da parcela no campo 03 do registro C197, como por exemplo: “Parcela 1”.
  • Descrição do campo 3 do registro C197 deve ser utilizado campo Obs.Lanc.Fis (CDA_IFCOMP) = Informações da tabela CCE


  •  O Estado de São Paulo irá tratar através de ajuste diretamente na apuração de ICMS com código de ajuste, que já é tratado hoje.


  •  O Estado de Mato Grosso do Sul orienta o lançamento através de ajuste diretamente na apuração, com código de ajuste. Porém pede que no registro E111 tenha a expressão “Encerramento do RST/Mercadoria em estoque em 31/12/2015/ICMS-Entrada”.
  • Apos selecionar código de ajuste da apuração de ICMS é possível alterar descrição do código que sera exibido no registro E111
     
  •  Já para o Estado de Santa Catarina, o artigo que trata sobre a alteração de tributação orienta como proceder para obter os valores, diretamente no regulamento do ICMS, porém não possui orientações específicas de como proceder no SPED Fiscal. Certamente o valor será lançado através na apuração de ICMS como os demais Estados.

 

Documento sobre ponto de entrada SPEDH020

SPEDH020 - SPEDFISCAL - Registro H020


Passos para a geração H020 via FISA116.

Verificar se para os produtos movimentados o campo "Alter. Trib" (B5_ALTTRIB) no Complemento de Produto esta preenchido (deve estar = 1) ou produto deve estar cadastrado na rotina de motivo de inventario (FISA120) com mesma data de fechamento de estoque informada na rotina F0M.

Caso campos de Unidade(F0M_UM) ou conta contábil (F0M_CONTA) estejam em branco, no processamento do SPED FISCAL sera considerado conteúdo cadastrado no produto (SB1)


Processar inventario.

Ao selecionar opção de processar inventario sera processado inventario através da função SPDBlocH que retornara estoque com base na data de fechamento informada .


Gerar o SPED Fiscal.

Para que os dados contidos na tabela F0M sejam consideradas no arquivo SPED FISCAL devem seguir as seguintes regras:

  • Data de fechamento do Inv. deve estar igual a data informada na rotina FISA116.
  • Motivo Inventário: Diferente de 01

Importante

Quando for necessário informa mais de um fechamento de inventario deve ser utiliza rotina de motivo de inventario (FISA120)

FIS0075_Motivo_de_Inventario_Bloco_H_SPED_fiscal


Incluído ponto de entrada SPEDALTH para processamento do registro H010 SPED FISCAL.

Através desde ponto de entrada é possível enviar tabela temporária que sera processada pela rotina SPED FISCAL e Composição do registro H020 (FISA116) sem que seja processado Estoque.

http://tdn.totvs.com/x/l6Q4E