Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Índice


Objetivo


Este guia tem o objetivo de apresentar o conceito de Dataset, suas possíveis parametrizações e sua importância na plataforma fluig.


Pré-requisitos


Para que se tenha uma compreensão completa destas informações, alguns conhecimentos são considerados pré-requisitos, entre eles:

  • Visão geral sobre o fluig
  • Visão geral sobre integração de sistemas


Datasets


O fluig é uma plataforma que permite disponibilizar informações provindas de várias fontes de dados através de formas variadas de apresentação, dependendo da necessidade de cada cliente. Esse recurso é atendido pelo componente Dataset, que padroniza o acesso às informações, independente da origem dos dados. É possível apresentar ou processar informações referentes a:

  • dados da própria plataforma (como usuários, grupos, papéis, tarefas, etc.);
  • dados criados pelo usuário mas gerenciados pela plataforma (dados de formulários);
  • dados externos (como entidades de um ERP);
  • valores fixos (como uma lista de estados ou unidades de medida).

Um Dataset disponibiliza operações que viabilizam sua consulta como: consultar quais são as colunas disponíveis, quantos registros foram retornados na consulta, os valores de cada campo, e filtrar os valores de retorno.

O diagrama abaixo apresenta um modelo conceitual sobre os Datasets.

Tipos de Datasets


Existem três tipos de datasets gerenciados pela plataforma: internos, simples e avançados:

  • Internos: permitem acessar dados das entidades do próprio fluig, como usuários, grupos, processos ou tarefas, por exemplo, ou dados existentes em formulários publicados no fluig. 

    Acesse aqui para conhecer detalhes dos datasets internos.

  • Simples: realizam consulta em dados provindos de API, de forma simplificada e sem codificação, por isso podem ser utilizados em uma grande gama de situações, por exemplo: extração de dados de um serviço externo (via WebServices, por exemplo). A plataforma pode gerar a integração sem qualquer tipo de codificação, sendo necessário apenas informar o endereço e o método do Webservice que contém as informações. 

    Acesse aqui para saber como construir facilmente um dataset simples.

  • Avançados:  é uma forma de customização do dataset simples, permitindo navegar nos dados retornados por meio de uma codificação em JavaScript. Por exemplo: definição de uma lista de valores fixos (como estados de um país).

    Acesse aqui para saber como codificar um dataset avançado.

As nomenclaturas dos tipos simples e avançados foram adotadas a partir da atualização 1.6.5. Antes disso, os tipos de datasets eram chamados de gerados ou customizados, respectivamente.

Ainda que os Datasets possam ter origens distintas, não existe qualquer diferença sob a perspectiva do componente que realizará consultas neste Dataset. Esta característica representa um grande benefício para os usuários, uma vez que a fonte dos Datasets pode ser alterada sem que isto represente retrabalho nos pontos onde ele é utilizado.


Exemplificando


Para entender melhor, considere um processo workflow que precise trabalhar com uma lista de centros de custo. Em um primeiro momento, pode-se trabalhar com um Dataset simples que monte, de forma fixa, os registros referentes a cada um dos centros de custo necessários para este processo.

Uma vez que codificar a lista se torne pouco flexível (devido a alterações frequentes nos dados), é possível definir que a fonte de dados seja baseada em um Dataset de formulário, desde que se observe o nome dos campos do Dataset, não haverá qualquer impacto sobre o processo workflow.

Em um terceiro momento, pode-se optar por mudar o Dataset novamente, desta vez extraindo os centros de custo do ERP do cliente. Novamente não haverá impacto para o processo workflow (ou para os demais pontos que utilizem o Dataset), desde que se mantenha a estrutura do Dataset inalterada.


Consultando dados


A consulta aos dados retornados pelo Dataset pode ser feita pelo fluig Studio ou pela própria plataforma (via painel de controle ou widget).

Via Painel de Controle

A partir da atualização 1.6.2, o administrador do sistema pode consultar o que o Dataset está retornando, acessando Painel de Controle > Datasets, localizando o Dataset desejado, e acionando Mais ações > Consultar. Os dados retornados serão apresentados de forma semelhante à janela abaixo.

Via Widget

Pelo fluig, através da widget Listar registros de datasets, é possível consultar os Datasets disponíveis bem como visualizar o seu conteúdo. Com isto é possível verificar quais os campos disponíveis, tanto para filtros quanto para acesso. Através desta widget, visualizações de datasets podem ser publicadas em páginas ou comunidades.

    O exemplo abaixo apresenta um exemplo de Dataset sendo visualizado pela widget:

    Para filtrar os dados na widget de visualização de Datasets, é necessário selecionar quais os campos que você deseja utilizar o filtro, conforme a imagem a seguir:


    Observações

    Em Datasets internos o filtro por campos metadata funcionará apenas se forem únicos, ou seja, se deseja filtrar por "metadata#parent_id", o filtro deve estar ativado apenas para ele. Em Datasets simples ou avançados, o filtro deve ser implementado junto ao seu código de criação.


    Via fluig Studio

    Para conhecer a consulta de datasets via fluig Studio, acesse a página de Visualização de Datasets.


    Acessando um Dataset


    Vários pontos do fluig podem fazer uso dos Datasets. Dependendo do local onde o Dataset é utilizado, podem ocorrer variações na forma de acessá-lo ou de manuseá-lo. Para saber mais sobre as formas de acesso ao dataset, consulte a documentação Acessando Datasets.

    Os Datasets de fontes externas também podem ser sincronizados, para reduzir o número de acessos a serviços de dados e tráfego de informações. Para saber como funciona a sincronização, consulte Sincronização de Datasets.


    Importar e Exportar Datasets


    A plataforma possibilita exportar um dataset do ambiente de teste/homologação para posteriormente importá-lo no servidor de produção. A partir da atualização 1.6.5, esse recurso está disponível pela tela de Datasets, no Painel de Controle. Nas atualizações anteriores, a importação e exportação de datasets ocorria apenas pelo fluig Studio.

    Para saber mais



    Vídeos How To

    Veja mais vídeos how to sobre datasets em: Datasets - Consulta, criação e registros.