Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

A regra para complementar eventos de eSocial dentro do TAF é bem simples, todo entrada de dados é tratada sempre como uma inclusão/atualização, e a regra para isso são baseadas nas tags enviadas dentro da mensagem, por exemplo:

No evento S2200 (Admissão), temos além de outras informações, um grupo para Trabalhador e outro grupo para Vínculo, ambos compõe um único xml. 

 

Em caso de origens de sistemas diferentes:

  • o sistema1 deve enviar o xml com as tags obrigatórios e mais as referente “trabalhador” e omitir as outras que não possui a informação;
  • o sistema2 deve enviar o xml com as tags obrigatórios e mais as referente “vínculo” e omitir as outras que não possui a informação;

 

Restrição:

  • Nos itens de ocorrência diferente de 0-1 e 1-1, o TAF não faz o complemento e o ultimo conjunto de informações recebidas é a que prevalece; exemplo o grupo “dependente”.

 

Para essas situações, aconselhamos que um dos sistemas seja o mandatório da informação, pois qualquer outro tratamento de recalculo via consolidador pode trazer divergências entre o apurado pelo TAF e o calculado nos sistemas origens, principalmente quanto as especificidades de negócio, como base de cálculo de impostos, faixa de alíquotas, recolhimentos em GNR, etc...

 

 

  • No labels