Child pages
  • Arquitetura 4 camadas
Skip to end of metadata
Go to start of metadata
Produto:Framework                         Versão: 11.52                                                                      
Processo:Arquitetura 4 Camadas
Subprocesso:Estruturando ambiente 4 camadas
Data da publicação:09/07/2013

 

Resumo: 

Permitir a inclusão de servidores que atenderá com exclusividade os processos gerados por Jobs. Desta forma cada máquina irá realizar seu devido processo até retorno das informações a visão do operador.

A estrutura  4 camadas se assemelha ao ambiente em 3 camadas,  contudo se diferencia por obter 1 servidor de Jobs responsável por processar os Jobs que entram na fila de execução.

De forma técnica, a solicitação do job é disparada pela máquina cliente ao solicitar informações na tela, neste momento a Action [Ação da tela] é disparada junto ao processo ”job“  que entra na fila de execução no banco de dados.

De forma simultânea o “Servidor de aplicação” irá processar a action, enquanto o “Servidor de Jobs” realiza verificações no banco de dados [Tabela GJOBXEXECUCAO] coletando os processos que aguardam para execução e processando os demais.

 

Utilizamos a ilustração abaixo para exemplificar cada camada:

 

CONFIGURANDO O AMBIENTE 4 CAMADAS

 4º Camada – Servidor de Jobs:

O objetivo do "Servidor de Jobs" é realizar uma verificação na fila de processos (Tabela GJOBXEXECUCAO) a cada 10 segundos por default, caso exista algum "job" aguardando para execução, ele assume a execução, processa o JOB e conclui o trabalho.

Habilitando o ambiente 4 camadas é possível obter melhor desempenho do sistema, visto que o processamento dos recursos estão divididos em cada estrutura. Em casos de lentidão é possível pontuar o empecilho com detalhes.

De acordo com a quantidade de processos executados pelo cliente é possível que seja inserido vários servidores de Job Server que poderá ser visualizado na tabela GJOBSERVER.

Instalando o Servidor de Jobs:

- Instale a Biblioteca RM, escolhendo a opção Ambiente 3 camadas / Server

- Após instalação execute o RM.AliasManager.exe (C:\totvs\CorporeRM\RM.Net) e configure a comunicação com o base de dados

Na aba Serviços, HABILITE o processamento de Jobs definindo a quantidade de processos simultâneos que será executada, lembrando que esta quantidade é ajustada de acordo com a necessidade e estrutura física do cliente.

Após concluir as configurações, reinicie o serviço RM.Host.Service.exe, desta forma a tabela GJOBSERVER, responsável por guardar as informações dos servidores de Jobs ativos será preenchida com informações da máquina no qual foi habilitado o processamento, veja abaixo:

Obs: O campo DATAULTATIV irá informar qual data/hora o servidor informado realizou o último processamento dos Jobs, assim é possível observar se o servidor encontra-se em operação. 

 

3º Camada – Servidor de banco de dados

    O Servidor de banco é muito importante obter bom desempenho de qualquer aplicação, contudo se faz necessário realizar a manutenção do banco de forma periódica realizando processos para controlar/aumentar o desempenho

 irá hospedar a base de dados para utilização do sistema, lembrando que não é aconselhável virtualisar  o servidor de banco conforme especificações no documento de portabilidade disponível no link abaixo:

http://tdn.totvs.com/display/rm/Portabilidades

 

2º Camada – Servidor de aplicação

O Servidor de aplicação possui a função de processar as operações solicitadas na tela e retornar a visão do usuário, mas com exceção dos processos gerados por Job que serão processados pela 4º camadas (Servidor de JobServer) citado acima, desta forma o servidor de APP realiza o processamento da tela, enquanto o servidor de JOBS processa os demais.

A arquitetura do servidor de APP é similar ao servidor de Jobs, diferenciado pela flag “Habilitar processamento de Jobs” que deve estar DESABILITADA, caso contrário o servidor de aplicação além de processar as telas, também ira trabalhar como servidor de jobs, sendo preenchido na tabela GJOBSERVER como servidor ativo.

    • Instale a Biblioteca RM, escolhendo a opção Ambiente 3 camadas / Server.
    • Acesse a ferramenta RM.AliasManager.exe e defina a conexão a base de dados

Efetuando esta configuração, o servidor está pronto para enviar informações ao banco de dados e executar as requisições de tela.

OBS: É importante que os servidores de aplicação e jobs sempre estejam na mesma biblioteca específica.

 

1º Camada – Ambiente clientes:

O ambiente cliente será responsável por efetuar as solicitações de tela/jobs, podendo ser utilizado em terminais cliente ou servidores de TS para acesso compartilhado.

A instalação da biblioteca RM se resume na seleção da opção “3 Camadas – Modo Cliente” direcionando a comunicação ao servidor de aplicação, com isso toda estrutura para utilização dos aplicativos será instalada e os processos solicitados aos servidores, lembrando que os aplicativos devem ser instalados nas estações clientes.

Visando melhor entendimento, segue tela da instalação onde será definido o direcionamento.

  • Gerenciamento de Jobs
    Para verificar com mais detalhes cada job processado incluindo informações do usuário que solicitou o processo, qual servidor de JOBS realizou o processamento dentre outras informações, pode ser utilizada a tela "Gerenciamento de Jobs"  disponível nos menus:

Aplicativos: Sistema > Server > Gerenciamento de Jobs

MDI: Ambiente > Gerenciamento de Jobs

 

Para maiores informações:

Consulte o WikiHelp TOTVS


COMUNIDADE  @FRAMEWORK


Canais de Atendimento:

Chamado: Através do Portal Totvs www.suporte.totvs.com.br

Telefônico: 4003-0015 Escolhendo as opções 2 – (Software), 2 – (Suporte Técnico), 3 – (RM), 9 – (Demais Áreas), 4 – (BI) e 3 –  (Gerador de Relatórios e Planilha).