Home

Frameworkjoi

Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

O timeout Progress tem como objeto derrubar sessões de usuários em ociosidade nos bancos de dados. A forma de execução da função de Timeout deve ser sempre do tipo Batch.

  • O pedido criado a partir do programa Gerenciador Timeout não deve utilizar os recursos de Agenda Automática nem o de Pedidos Periódicos.
  • Informados os dados, é criado um pedido de execução, que aguarda na fila do Servidor de Execução. Após a criação deste pedido, é feita a verificação de ociosidade dos usuários. Os usuários, que, no intervalo de tempo informado no Gerenciador Timeout, não utilizarem os Bancos de Dados conectados serão derrubados de suas respectivas sessões.
  • Os usuários do grupo de exceção configurado no programa Parâmetros Básicos (BTB927AA), não são desconectados, mesmo que o tempo de ociosidade dos mesmos exceda o período pré-determinado. 
  • Os usuários que não estão relacionados no Grupo de Exceção podem ter somente uma sessão progress conectada no banco de dados. 
  • Caso o usuário não esteja no grupo informado e já tenha uma sessão conectada no banco de dados, é exibida uma mensagem de erro, conforme a Figura 1.
  • O processo do Gerenciador Timeout é repetido até o momento em que é desmarcado, no programa Parâmetros Básicos (BTB927AA), o campo "Habilita Timeout Progress ?". O próximo pedido, no momento de sua execução, é encerrado com erro "Funcionalidade Desativada".
  • A cada execução de um pedido pelo servidor de execução do Timeout, é gerado um relatório com as informações das sessões desconectadas. Sempre que algum usuário for desconectado, as informações desta desconexão serão adicionadas no final do arquivo para gerar um histórico das desconexões.

Figura 1 - Mensagem de erro, informando que já existe outra sessão conectada

 

Para mais informações, deve ser verificada a documentação do programa Gerenciador Timeout – BTB/BTB934AA.

 

Importante!

  • As sessões presas no License Server (LS) devem ser desconectadas pelo timeout padrão do próprio LS.
  • É recomendado utilizar um servidor RPW dedicado para o programa Gerenciador Timeout.
  • Funcionalidade homologada apenas para ambientes que fazem o uso de banco de dados Progress.

 

Configuração

As etapas abaixo descrevem como configurar o timeout Progress.

EtapaDescrição
1Criar um servidor RPW (BTB/BTB012AA.r), que será responsável pelo agendamento da execução do Timeout.
2Cadastrar os Bancos utilizados pelo sistema no programa Manutenção Bancos Timeout (BTB/BTB010AA.r).
3Habilitar o recurso de Timeout (BTB/BTB927AA.r).
4Agendar a execução do Timeout no RPW (BTB/BTB934AA.r).
5No servidor onde estão os Bancos do Produto, iniciar o servidor RPW responsável pela execução do Timeout.

Importante!

  • Para utilização simultânea do timeout Progress (BTB934AA) e timeout DATASUL, verifique a documentação: http://tdn.totvs.com/pages/viewpage.action?pageId=274307092
  • Caso não seja realizada a configuração informada acima. Utilize apenas uma das duas soluções: Timeout Progress ou Timeout DATASUL.