Ir para o final dos metadados
Ir para o início dos metadados

Atenção

Esta página foi revisada para considerar as novas configurações de server do fluig para a atualização 1.6.

Caso possua uma atualização anterior do fluig acesse: Como configurar o banco de dados SQL Server na release 1.5.13 ou inferior?

Índice


Versões homologadas do SQL Server

Para verificar as versões homologadas do Microsoft SQL Server acesse a Matriz de Portabilidade

Atenção!

A partir da atualização atual - fluig 1.6.5 (Liquid) não é necessário realizar nenhum comando de compatibilidade de banco de dados.

No entanto, se você possui uma atualização anterior, para utilizar o SQL Server 2014 (ou versão mais atual) com o fluig é imprescindível acessar o Microsoft SQL Server Management Studio e definir o nível de compatibilidade do banco de dados para SQL Server 2012, executando o comando abaixo:

ALTER DATABASE nome_do_banco 
SET COMPATIBILITY_LEVEL = 110 

Se o comando não for executado, a inicialização da plataforma será bloqueada.

Criação do banco de dados com codificação Latin1_General_CI_AS

Atenção!

Por questões de segurança é altamente recomendável efetuar a encriptação da senha conforme o procedimento informado na documentação encriptação de senha do banco de dados.


O fluig necessita de uma base de dados com charset Latin1_General_CI_AS. Só serão aceitos caracteres com codificação Latin1_General_CI_AS, pois caracteres não pertencentes a esta codificação não são homologados para plataforma fluig estando sujeito a inconsistências de banco de dados. Na versão 2012 e inferiores do SQL server a codificação é regionalizada podendo causar inconsistências quando utilizado, por exemplo a UTF8.

Para criar o banco com esta característica, autentique-se no SQL Server com o usuário que será utilizado pelo fluig e execute o seguinte comando SQL, onde "nome_do_banco" é o nome do banco a ser criado.

CREATE DATABASE nome_do_banco COLLATE Latin1_General_CI_AS;


Outra alternativa para a criação do banco de dados é utilizar o Microsoft SQL Server Management Studio, seguindo o seguintes passos:


    • Conecte na instância do SQL Server através do Microsoft SQL Server Management Studio.
    • Clique com o botão direito do mouse na pasta Bancos de Dados e selecione a opção Novo Banco de Dados...



    • Ao abrir a tela do assistente, selecione a opção Geral em Selecionar uma página. Em seguida, informe o nome desejado para o banco de dados no campo Nome do banco de dados e selecione o usuário que será utilizado pelo fluig no campo Proprietário.



    • Seguindo, selecione a opção Opções em Selecionar uma página. Em seguida, selecione o valor Latin1_General_CI_AS no campo Agrupamento.


    • Para finalizar, encontre a opção O Instantâneo de Leitura Confirmada Está Ativo (Is Read Committed Snapshot On em inglês) e altere seu valor para True. Clique no botão OK para finalizar a criação do banco de dados.


    Configuração do banco

    Após a criação do banco de dados é necessário realizar as seguintes verificações:

    Proprietário do Banco

    O usuário utilizado pelo Fluig para conexão com o banco de dados deve ser proprietário (db_owner) do banco utilizado pelo fluig. Para verificar qual usuário é o proprietário do banco execute o seguinte comando SQL:

     SELECT suser_sname(owner_sid) FROM sys.databases WHERE name = 'nome_do_banco';

    Onde nome_do_banco é o nome do banco para consulta do proprietário.

    Caso o proprietário do banco não seja o usuário utilizado pelo fluig para conexão com o banco de dados, execute o seguinte comando T-SQL para definir este usuário como proprietário (db_owner):

     USE nome_do_banco EXEC sp_changedbowner 'nome_usuario';

    Onde nome_do_banco é o nome do banco e nome_usuario o usuário que se tornará proprietário do banco de dados.


    Alteração do nível de Isolamento

    Para verificar se a opção de isolamento READ_COMMITTED_SNAPSHOT está habilitado para o banco de dados execute o seguinte comando SQL:

     SELECT is_read_committed_snapshot_on FROM sys.databases WHERE name= 'nome_do_banco';

    Onde nome_do_banco é o nome do banco para consulta do proprietário.

    Caso o retorno da consulta anterior seja o valor 0 é necessário executar o seguinte comando SQL:

    ALTER DATABASE nome_do_banco SET READ_COMMITTED_SNAPSHOT ON;

    Onde nome_do_banco é o nome do banco de dados a ser utilizado para o fluig.

    Importante

    Esta operação de alteração do nível de isolamento padrão do SQL Server é realizada automaticamente pelo fluig. Porém é importante atentar para o seguinte fator:

    Na criação do banco de dados, é executada uma ação de alteração na base. É normal visualizar no log algumas mensagens de erro, tratando-se de um processo padrão para atualização. A situação será normalizada após o término da operação.

    Assim que o servidor fluig estiver no ar recomendamos a reinicialização do mesmo.