Child pages
  • DI_TOTVS_Gestão_Hospitalar_Back_Office_Protheus
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Integração Backoffice Protheus x TOTVS Hospitalar

Produto:

TOTVS Gestão Hospitalar

Versões:

A partir da 12.1.6

Assunto:

Este documento tem por objetivo reunir todas as informações relevantes sobre a Integração do BackOffice Protheus x TOTVS Hospitalar (RM Saúde).


Sistema Envolvidos

Descrição dos sistemas envolvidos no contexto de negócio (e que serão envolvidos na integração).

  • CorporeRM através dos seguintes módulos:
    • RM Saúde (TOTVS Hospitalar): realiza a gestão hospitalar da empresa, desde o registro do paciente, passando pela assistência, gerando o faturamento, baseado nos diversos padrões do mercado como TISS, SUS, ABRAMGE, IPASGO, IPERGS, IPSEMG e etc.
    • Estoque (RM Nucleus): utilizado para o cadastro de produtos, locais de estoque, unidades de medida, condições de pagamento. Trata-se do intermediador da integração, uma vez que a integração entre o Hospitalar e ele já é nativa.


  • Microsiga Protheus através dos seguintes módulos:
    • Compras (SIGACOM): Oferece à equipe de compras de uma empresa, condições de acompanhar e controlar as carteiras de compras, cotações, pedidos de compras e o recebimento de materiais, permitindo a reposição dos estoques em tempo hábil e apresentando informações indispensáveis a uma boa negociação com seus fornecedores.
    • Faturamento (SIGAFAT): Pode ser definido como a receita bruta decorrente da venda de mercadorias, de mercadorias e serviços e de serviços de qualquer natureza.
    • Estoque e Custos (SIGAEST): Controle de materiais movimentados e armazenados da empresa, além do custo incorrido sobre este material.

Integração

A integração entre os sistemas foi motivada pelo uso prévio do Protheus pela instituição ou pela escolha do uso de BackOffice da linha Microsiga e do Hospitalar da linha RM. O TOTVS Hospitalar já é integrado nativamente com o BackOffice RM e com este cenário surgiu a necessidade de integração com o BackOffice Protheus.

O TOTVS Hospitalar é responsável pela gestão de saúde e o Protheus pela gestão de estoque, financeira e contábil.

Esta integração visa unir os dois sistemas para minimizar o trabalho de cadastrar as entidades comuns em ambos os sistemas e permitir que cada um trate exclusivamente do seu negócio.

  • Premissas.
  • Esta solução deve primar pela simplicidade e facilidade de uso, facilidade de manutenção e facilidade de atualização.
  • Deve respeitar os sistemas operacionais utilizados pelas soluções software das marcas: WINDOWS.
  • Utilizar o Protheus versão 11.7 (e patchs específicos para esta integração) e o RM versão 11.82 (último patch disponível). Observação: Ambos utilizam o modelo de licenciamento TOTVS padrão (Licence Server).
  • Bancos de dados homologados: SQL Server 2005 ou 2008 e Oracle 10g ou 11g.
  • Se o cliente já possui base de dados implantada do RM ou do Protheus será responsabilidade da equipe de implantação efetuar a carga inicial e/ou sincronismo dos cadastros. A integração irá efetuar o sincronismo automático de novos registros ou alterações posteriores à ativação da integração.
  • Por padrão, todos os cadastros mantidos pelo Backoffice Protheus deverão ser desabilitados (manualmente) no controle de segurança do RM. Exceções serão destacadas ao longo do documento.
  • Arquitetura (Tecnologia).
  • Integração de processos síncronos através de WebServices (EAI).

Comunicação direta do EAI RM x EAI Protheus, via WebServices. Mensagens Assíncronas e Síncronas.

Utilização do Monitor da Fila de Integração para gravar todas as mensagens enviadas/recebidas para efeito de registro e, no caso de mensagem assíncrona, permitindo reprocessar.


Modelo de Mensagem Única TOTVS.

Definição de Mensagem Única TOTVSMESSAGE

Durante o processo de consolidação de marcas, iniciado pela TOTVS, várias empresas diferentes foram adquiridas e com elas vários produtos passaram a compor o portfólio de ofertas disponível aos clientes. Esta expansão de ofertas permitiu que clientes de uma marca, antes limitados pelas opções com aquela “etiqueta”, pudessem agora compor o seu ambiente de TI utilizando produtos de origens diferentes (Exemplo: BackOffice Protheus + TIN).

Esta mesma iniciativa já era uma prática comum nos clientes, porém todo o custo envolvido na integração entre estes aplicativos era visto pelo cliente como parte da escolha de utilizar-se de produtos de diferentes fornecedores. Uma vez que estes produtos passam a fazer parte de uma mesma oferta, os clientes TOTVS passam a demandar que estes produtos sejam naturalmente integrados. Isto significa que se antes o cliente arcava com o custo e o risco envolvido em uma integração (como corrupção da base de dados, por exemplo), ele agora entende que a TOTVS deve prover soluções já integradas, independente da origem dos produtos oferecidos.

Com o objetivo de padronizar as integrações com os produtos TOTVS, foi definida uma nova diretriz para os projetos de integração: A de que todos os produtos TOTVS devam trabalhar com uma mensagem XML únicos evitando, desta forma, o processo de transformação de mensagens. Neste cenário, teríamos o seguinte quadro:


Neste cenário, qualquer produto TOTVS trabalhará com o mesmo XML para uma mesma entidade, vamos supor que tenhamos um XML correspondente à mensagem de CLIENTES, ela poderá ser enviada para qualquer um dos produtos que suporte o recebimento desta entidade.
Uma vez que os vários produtos TOTVS terão um "idioma" comum (o XML Único), as integrações entre estes produtos não exigirão mais que as mensagens sejam transformadas de um formato para outro. Com isto, será possível conectar diretamente dois produtos, sem a necessidade do TOTVS ESB, como no diagrama abaixo:

Além de questões referentes ao formato das mensagens, a mensagem única também torna uniforme o tratamento destas mensagens XML pelos aplicativos, principalmente no que diz respeito à capacidade de rastreamento.

Escopo

A Gestão Hospitalar será feita exclusivamente no TOTVS Hospitalar (cadastro dos prestadores, convênios, tabelas de preço de MATMED, produto, grupo de estoque, etc.).

O controle de estoques, compras, faturamento, financeiro, contábil e fiscal serão feitos no Protheus (módulos integrados: SIGACOM, SIGAFAT e SIGAEST). Os cadastros básicos, bem como os cadastros de Cliente e Fornecedor, Centro de Custo, Condição de Pagamento, Unidade de Medida, Moeda serão realizados sempre no Protheus e sincronizados para o RM. 

Pré-requisitos instalação/implantação/utilização

 

A integração respeita todos os pré-requisitos definidos pelas linhas de produto TOTVS envolvidos. Para mais detalhes sobre configuração de hardware recomendada, sistema operacional, bancos de dados suportados e demais dados, consulte os seguintes documentos no TDN:

Os produtos envolvidos utilizam o modelo de licenciamento padrão (License Server). Para pleno funcionamento, as licenças (Hard Lock) devem ser providenciadas junto a TOTVS com antecedência. Vale ressaltar que esta integração está de acordo com as boas práticas recomendadas pelo Comitê de Integração TOTVS e utiliza a arquitetura Mensagem Única e comunicação via WebServices.

Protheus

Utilizar a versão 11.7 (ou superior).

Os WebServices exigem uma licença específica “TOTVS I”. 

RM

Utilizar a versão 11.82.36 (específica).

A TOTVS disponibiliza um backup da base de dados RM “vazia” que pode ser utilizada para novos clientes. Para clientes que já possuem versão anterior utilizar o Conversor RM para atualizar o banco de dados para a versão 11.82.


Instalação/Atualização

Esse documento não visa a descrição dos procedimentos de instalação do Protheus padrão e suas configurações. Neste documento serão apresentadas informações referentes ao EAI da Linha Protheus, que é o responsável pela comunicação com o TOTVS Hospitalar. 

Protheus

Cadastrar/Configurar Adapter para Integração no Protheus

Entre no configurador (SIGACFG), em Ambiente/Schedule/Adapter EAI, e preencha-o da seguinte forma:

O conteúdo da coluna Alias só deve ser preenchida se o cadastro for compartilhado no Protheus. No caso de cadastro compartilhado, é necessário que o adapter Family seja configurado para enviar do Protheus e não receber. Neste caso, a fórmula visual do grupo de estoque deve ser desabilitada.

Configurar o EAI para Integração no Protheus

No Protheus, acesse no configurador SIGACFG / Ambiente / Schedule / Schedule.

Cadastrar Agent

  1. Clique no sinal de +(Soma) ao lado esquerdo do Globo Verde com o título Agent, para abrir as opções Cadastro e Monitor.
  2. Clique na opção Cadastro.
  3. Após isso clique no Globo Verde com sinal de +(Soma) que está à direita da tela, as informações da tela de detalhes serão preenchidas automaticamente.

Cadastrar Agendamento

  1. Clique no sinal de +(Soma) ao lado esquerdo do Globo Verde com o título Agendamento, para abrir as opções Cadastro e Monitor.
  2. Clique na opção Cadastro, na tela de detalhes na parte inferior da tela principal.
  3. Clique no primeiro ícone de um caderno com sinal de +(soma). Algumas informações aparecerão automaticamente.
  4. Complete o preenchimento apenas em Rotina, com FWEAI e com Empresa/Filial clicando na Lupa ao lado direito do campo.
  5. Será exibida a tela apresentando as empresas cadastradas.
  6. Selecione a empresa que fará integração, clique duas vezes no Check-box ao lado esquerdo do Nome da empresa até ficar marcado com um (x).
  7. Após isso, clique no botão OK.
  8. Clique no botão Recorrência (Duas setas circulares).
  9. Na nova janela selecione Sempre Ativo nas opções de Padrão de Recorrência para que o job do EAI fique sempre escutando a fila de mensagens únicas.
  10. Para finalizar clique no (V) de cor verde Botão Confirmar.

EAI – Como visualizar os arquivos XML criados pelas rotinas

São apresentadas duas telas sendo a de Transações na parte superior e a tela de Eventos da Tarefa na parte inferior.

  1. Na tela de transações são exibidas as mensagens que foram geradas.
  2. Para visualizar o arquivo XML criado pela mensagem, clique na linha da mensagem e em seguida clique na Lupa azul que se encontra na parte superior da tela, será aberto o arquivo XML no browser do Internet Explorer.
  3. Ao clicar na linha da Mensagem, na tela de Eventos da Tarefa podem ser exibidas as seguintes informações de acordo com o status da mensagem:
    1. Início de Processamento.
    2. Falhas.
    3. Processo Interrompido.
    4. Fim de Processamento.

 Nota:Para identificar a Cor da Legenda com o tipo de mensagem, clique duas vezes na bolinha colorida que será exibida a tela de legenda com a identificação do tipo com a Cor.

Limpar Histórico de Mensagens

Opção Limpeza de Tabelas: Caso queira realizar uma limpeza dos históricos das mensagens.

Ao clicar nesta opção, será exibida uma tela denominada Tabelas,  uma frase com a descrição “Selecione a Tabela” e uma seta preta apontando para baixo do lado direito da frase. Clique nesta seta para abrir as opões: Tarefas ou EAI.

  1. Clique em EAI, e marque um tipo de mensagem que deseja limpar do histórico, são elas:
    • Aguardando Execução.
    • Executando.
    • Finalizada.
    • Falhou.
    • Bloqueado.
  2. Para identificar a Cor da Legenda com o tipo de mensagem, clicar duas vezes na bolinha colorida, será exibida a tela de legenda e a  identificação de cores correspondente ao status.
  3. Para executar todas as opções, não selecione nenhuma e clique no botão Executar. Será exibida a tela com todas as mensagens para serem excluídas.
  4. Para finalizar clique no Ícone de um Caderno com um (x) vermelho que está no lado direito superior da tela. Será exibida uma tela de confirmação com a mensagem Confirma deleção?.
  5. Clicar no botão Sim para excluir todos históricos ou no botão Não para manter os históricos.

Configurar Parâmetros da Integração

  1. Acesse o configurador (SIGACFG) , em Ambiente/Cadastros/Parâmetros:
    • MV_EAIURL2= Endereço WebService que Receberá os Dados Enviados (Exemplo: http://ip_do_servidor/TOTVSBusinessConnect/wsEAIService.asmx?wsdl).
    • MV_EAIWS= Informe o nome do Client WebService do EAI para envio a outro EAI. (WSEAISERVICE).
    • MV_EAIUSER= <Nome de usuário>.
    • MV_EAIPASS= <Senha de usuário>.
    • MV_EAIMETH= Informe o método de envio do EAI para envio a outro EAI. (RECEIVEMESSAGE). 








2. No Configurador, acesse Ambiente/Schedule/Emp fil. Msg Única e configure o de-para de Coligada e Filial.

RM

Serão destacadas as informações referentes ao TOTVS Business Connect (TBC) que é a ferramenta EAI da Linha RM, responsável pela comunicação com o BackOffice Protheus.

Para demais esclarecimentos sobre demais produtos da Linha RM, consulte a documentação disponível no endereço: tdn.totvs.com   

Pré-requisitos

Nesta versão os WebServices de Integração da linha RM devem ser hospedados no Microsoft IIS. Além disto a Biblioteca RM necessita da Microsoft .NET Framework. Assim, os pré-requisitos de instalação para o EAI RM são os seguintes:

  • Microsoft .NET Framework 4.0
  • Internet Information Services (IIS)

Instalar os WebServices de Integração (TBC)

Execute o instalador “TOTVS Business Connect – [versão].msi” e patchs disponíveis, se existirem. Este pacote cria uma aplicação no IIS e copia os arquivos necessários para a utilização dos WS. Os WS serão instalados na porta 80 (como é a porta padrão pode ser omitida na url). E o alias de banco de dados padrão será CORPORERM.

O administrador do sistema poderá alterar esta e demais configurações, se necessário, editando o arquivo Web.config que se encontra no diretório de instalação RM na pasta WS_TBC.

Instalar a Biblioteca RM

Execute o instalador “BibliotecaRM – [versão].msi” e patchs disponíveis, se houver. Este pacote contém o client “RM.exe” e demais arquivos necessários para funcionamento de todos os módulos da linha RM. A instalação pode ser feita em 3 camadas ou local.

Configurar a Integração

  1. Execute o configurador conforme imagem abaixo para a criação de campos e conjunto de mensagens de integração.
  2. Selecione o sistema Integração, em Ferramentas, opção Configurar.
    1. Após execução, inative esta integração.
  3. Informe o usuário e senha do banco e clique em Testar Conexão para habilitar o botão Avançar.
  4. Selecione a Integração TOTVS Manutenção de ativos X BackOffice RM, clique em Avançar e depois em Executar.
  5. Acesse o Menu Integração / Mensagem Única / Integrações. Edite o registro de identificador = 1001 e desmarque o campo Ativo?



Importante: Execute os scripts somente após ter definido os cadastros de coligada e filial. Após isso, pare o serviço do RM.Host.Service para que as alterações no banco sejam refletidas na aplicação.

  1. Execute o script para configurar a integração com o TOTVS Hospitalar. Este script faz a configuração da integração, incluindo todas as mensagens utilizadas, tipos de movimento, máscaras, etc.
  2. Execute o script IntegracaoRMSaude_Protheus_01.sql. O script já define algumas máscaras defaults para os códigos de cliente/fornecedor, produto, família de materiais, local de estoque. Defina a máscara para que seja compatível com os códigos no Protheus.
  3. No script IntegracaoRMSaude_Protheus_02.sql.É necessário informar a coligada que será utilizada no cliente.
  4. Inicie o serviço RM.Host.Service


Oracle: SQL Server:

Requisitos Básicos da integração

  • Máscara do código do cliente/fornecedor deve ser compatível com a máscara no Protheus
  • Utilizar CPF Único
  • Utilizar CNPJ Único
  • Máscara do código do produto deve ser igual ao do Protheus
  • Habilitar a TB1 para manutenção de Família de Materiais.
  • Máscara do local de estoque deve ser compatível
  • Máscara do centro de custo deve ser compatível
  • Para a utilização de cadastros compartilhados, deve-se ter a mesma configuração em todas as coligadas dos seguintes itens:
    • Produto global
    • Cliente/fornecedor global

Parametrizar a integração

  1. Acesse RM.exe / Segmento Integrações / Aba Integração / Mensagem Única / Integrações. Esta interface permite incluir ou alterar um pacote de integração.
  2. Selecione TOTVS Hospitalar x BackOffice Protheus (Identificador = 1011) e clique em editar para alterar as configurações iniciais.

Primeira parte – Identificação

  1. Nome Integração: Este é um campo meramente informativo, recomendamos uma descrição curta, mas clara, para este pacote de integração. Por padrão este nome já vem preenchido como: TOTVS Hospitalar x BackOffice Protheus.
  2. Nome Reduzido: Também é um campo apenas informativo, insira um bem curto. Por padrão vem preenchido como: THPROT.
  3. Sistema Integrado: Informe PROTHEUS. Este é um mnemônico que identifica a aplicação de origem e será enviado no atributo "name" da tag <Product> no XML trafegado.
  4. URL WebService: Informe o endereço do WebService Protheus para envio de mensagens. Utilize o formato http://\[servidor\]:\[porta\]/EAIService.apw . Para verificar se o WS Protheus está disponível digite o endereço do mesmo no seu navegador (no formato http://\[servidor\]:\[porta\]), na página apresentada procure pelo texto EAISERVICE).
  5. Usuário Autenticação: Informe o nome do usuário para autenticação pelo WebService Protheus.
  6. Senha Autenticação: Informe a senha para autenticação pelo WebService Protheus.

Segunda parte – (Anexo) Mapeamento de Entidades

É possível realizar um mapeamento de cada entidade (cada mensagem única) que faz parte do pacote de integração.
O script de Configuração irá fazer o mapeamento padrão automaticamente. Alterações só devem ser feitas com critério. Caso seja necessário acrescentar uma entidade à integração que não esteja no pacote padrão, clique em Anexos e escolha "Mapeamento de Entidades". Na tela que é apresentada informe o código ou nome da mensagem. Clique no botão reticências (...) para localizar a mensagem na lista de mensagens pré-cadastradas.

Terceira parte – (Anexo) Parâmetros

Aqui estão disponíveis os parâmetros utilizados na integração. Este parâmetro já vem preenchidos pelo script de inicialização. Os parâmetros de tipo de movimento não devem ser alterados. Já os parâmetros TIPOSAIDAPEDIDOVENDA, TIPODOCMOVFATURA, TIPODOCFOLHAPAGTO, SERIEDOCMOVFATURA e SERIEDOCFOLHAPAGTO devem ser alterados para os valores de cada cliente.

  • TMVTRANSF: tipo de movimento do Nucleus utilizado nas movimentações de transferência
  • TMVENTRADANF: tipo de movimento do Nucleus utilizado nas movimentações de entrada de nota fiscal
  • TMVDEVOLUCAOCC: tipo de movimento do Nucleus utilizado nas movimentações de devolução para centro de custo
  • TMVDEVOLUCAO: tipo de movimento do Nucleus utilizado nas movimentações de devolução
  • TMVBAIXA: tipo de movimento do Nucleus utilizado nas movimentações de baixa de estoque. Requisições para paciente, prescrição
  • TIPOSAIDAPEDIDOVENDA: código do tipo de saída do Protheus para emissão de pedidos de venda
  • TIPODOCMOVFATURA: tipo de documento do Protheus utilizado para o envio de título a receber, relacionado ao movimento de fatura
  • TIPODOCFOLHAPAGTO: tipo de documento do Protheus utilizado para o envio de título a receber relacionado ao movimento de folha de pagamento
  • SERIEDOCMOVFATURA: série utilizada para enviar o título a receber para o Protheus
  • SERIEDOCFOLHAPAGTO: série utilizada para enviar o título a pagar para o Protheus

Configuração de-para de Coligada e Filial

  1. Acesse RM.exe / Segmento Integrações / Aba Integração / Mensagem Única / De-Para.
  2. Inclua o registro de correspondência entre os códigos das empresas do Protheus com as coligadas do RM conforme imagem.
  3. Faça o mesmo procedimento para as filiais. Deve-se atentar como o Protheus envia o valor da tag BranchId no cabeçalho da mensagem, pois o EAI RM irá concatenar as tags CompanyId com a BranchId separadas pelo caracter |
  4. Assim no cadastro de filial ficaria 01|01 à CompanyId|BranchId, para o caso de não utilizar o conceito de gestão de grupo de empresas. Para o uso de gestão de grupo de empresas, o cadastro de de-para ficaria: 03|0101, onde 03 seria o grupo de empresa, o primeiro 01 seria o código da empresa e o segundo 01 seria o código da filial, sendo que 0101 é o código completo da filial.

  5. Para o caso de utilizar o compartilhamento de cadastros do Protheus, é necessário configurar no cadastro das coligadas, o código do grupo da empresa a que pertencem as coligadas. Este código é utilizado para a réplica dos cadastros dentro do mesmo grupo.

 


Fórmulas Visuais

Realize a importação das fórmulas visuais necessárias para a integração de convênios, prestadores, produtos e grupos de estoque.

  1. Acesse o RM.exe / Segmento Saúde / Gestão Hospitalar / Gestão / Fórmula Visual.
  2. Em Categoria, crie a categoria 'Integração Protheus'.
  3. Na página Perfil da Categoria de Fórmula Visual inclua os perfis que terão acesso a está categoria.
  4. Inclua o perfil do usuário que fará a importação das fórmulas.

  5. Após isso acesse o RM.exe / Segmento Saúde / Gestão Hospitalar / Gestão / Fórmula Visual.
  6. Em Fórmula visual execute o processo Importação de Fórmula visual.
  7. Clique em Adicionar Objetos.
  8. Selecione o arquivo IntegracaoProtheus.TotvsWF.
  9. Na página Seleção de Coligadas, deixa a Coligada Atual.
  10. Para cada fórmula e necessário informar na página Parâmetros a categoria cadastrada anteriormente e marcar a opção Importar Gatilho.


No RMSaude.exe

  1. Acesse o menu Opções/Parâmetros/Parâmetros de integração.

  2. Para cada tipo de movimento cadastrado no RM Saúde, informe a TES relacionada do Protheus. Se não for informado nenhum valor, a integração assumirá um valor default definido num parâmetro dentro do Protheus.

  3. A filial de integração é necessária para enviar para qual filial o cliente/fornecedor pertence.
  4. A quantidade de dias é utilizada para o cálculo de vencimento do pagamento a prestadores.
  5. A forma de baixa é necessária para informar o tipo de baixa que será feita durante a integração de recebimento de valores das faturas.

Definição de Integração em Sistemas da linha RM

  1.  No RM.exe, acesse Ambiente / Parâmetros / Integrações de Sistemas.
  2. Localize o registro abaixo e marque o campo Integrado. Isso fará com que alguns cadastros compartilhados sejam acessíveis no RM Saúde.

EAI – Fila de Mensagens Únicas

  1. Acesse RM.exe / Segmento Integrações / Aba Integração / Mensagem Única / Fila de mensagens únicas.
  2. Nesta tela serão registradas as informações de envio e recebimento de mensagens XML trafegadas pela integração.
  3. Para ver mais detalhes da mensagem trafegada de um duplo clique no registro, para detalhes de execução (erro ou sucesso) selecione o registro e clique em Anexos / Informações de execução de mensagem, neste anexo é possível visualizar a mensagem de resposta.


Dados da mensagem trocada entre o RM e o Protheus:

Detalhes da execução da mensagem. O campo Mensagem transformada corresponde ao xml que foi enviado para o outro EAI e o campo Mensagem de resposta corresponde ao xml que o outro EAI retornou mediante ao xml recebido:

Controle de Versão

O grupo TOTVS representado por suas marcas irá administrar as demandas de evolução dos layouts e demais ajustes, acordando junto aos solicitantes o prazo de liberação de release.

Todas as evoluções programadas deverão ser discutidas e aprovadas pelas marcas antes do início do desenvolvimento e somente serão desenvolvidas em caso de concordância das marcas e alinhamento com as diretivas definidas pelo Comitê de Integração TOTVS.

Suporte

O suporte aos recursos da Integração será de responsabilidade de todas as linhas, sendo assim as equipes de suporte dos produtos TOTVS Hospitalar (RM Saúde) e Backoffice Protheus estarão aptas a fazer a primeira análise e, quando necessário, repassar para a equipe mais adequada em cada caso.



Nota: a versão atualizada deste fluxo pode ser consultada no TDN (TOTVS Developer Network), acesse o caminho http://tdn.totvs.com, faça o login e acesse Qualidade de Software Corporativa / Metodologia de Desenvolvimento de Produtos TOTVS / Processo de Sustentação / Subprocesso de Suporte Técnico / Fluxo de Integração de Produtos.

Transações/Entidades/Mensagens únicas

Método

ID

Descrição

Origem

Destino

XSD (versões podem variar)


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cadastros

01

Local de estoque

Protheus

RM

Warehouse_1_000.xsd

02

Cliente-Fornecedor

Protheus

RM

CustomerVendor_2_002.xsd

03

Grupo de Estoque

RM

Protheus

Family_2_000.xsd

04

Moeda

Protheus

RM

Currency_2_000.xsd

05

Condição de pagamento

Protheus

RM

PaymentCondition_2_000.xsd

06

Banco

Protheus

RM

Bank_2_000.xsd

07

Centro de Custo

Protheus

RM

CostCenter_2_000.xsd

08

Produto

RM

Protheus

Item_2_001.xsd

09

Unidade de Medida

Protheus

RM

UnitOfMeasure_2_000.xsd

10

Coligada*

* Integrado manualmente, incluindo na tabela de de/para em ambos os sistemas




11

Filial*

* Integrado manualmente, incluindo na tabela de de/para em ambos os sistemas




12

Prestadores

RM

Protheus

CustomerVendor_2_002.xsd

13

Convênios

RM

Protheus

CustomerVendor_2_002.xsd

 

 

 

 

 

 

 

 

Processos

14

Título a receber

RM

Protheus

AccountReceivableDocument_3_000.xsd

15

Título a pagar

RM

Protheus

AccountPayableDocument_2_000.xsd

16

Baixa de títulos

RM

Protheus

AccountReceivableDocumentDischarge_2_000.xsd

17

Cancelamento de baixa

RM

Protheus

ReversalOfAccountReceivableDocumentDischarge_2_000.xsd

18

Nota fiscal de entrada

Protheus

RM

Invoice_3_001.xsd

19

Saldo

RM

Protheus

STOCKLEVEL_1_000.xsd

20

Movimentação de estoque

RM/ Protheus

Protheus/ RM

STOCKTURNOVER_1_003.xsd

21

Transferências

RM/ Protheus

Protheus/ RM

TRANSFERWAREHOUSE_1_001.xsd

22

Inventário

Protheus

RM

INVENTORY_1_000.xsd

23

Pedido de venda

RM

Protheus

ORDER_3_002.xsd

Fluxo das Informações

O fluxo básico desta integração está em definir a origem da informação, enviar para o EAI da linha do produto e este se comunica com o EAI da outra linha. Ambos os produtos possuirão as mesmas informações, porém podem possuir códigos diferentes. Cada sistema possui uma tabela de de-para onde são armazenados os códigos de origem e os códigos de destino e a entidade correspondente. Com isso, cada sistema envia o seu código e o outro sistema faz a troca assim que receber a mensagem. Abaixo serão detalhados cada entidade envolvida nesta integração.

Cadastros

Os cadastros são a base da integração entre os sistemas. Foi definido o sistema de origem para cada cadastro, portanto qualquer alteração nesta origem pode impactar na integração padrão. A alteração de sistema de origem impacta na configuração da mensagem utilizada em ambos os sistemas e pode envolver algum tipo de desenvolvimento, seja uma fórmula visual, um complemento na mensagem na parte de envio ou recebimento da mensagem, no caso da linha RM.

Empresa / Filial

É o primeiro cadastro que deve ser realizado nesta integração. No RM esta entidade é um cadastro comum. Mas no Protheus a Empresa é definida no Arquivo Sigamat.emp que fica no System do ambiente do Protheus e não faz parte de uma tabela de banco de dados. Este é o arquivo que permite à empresa utilizar o sistema. Isto faz parte da implantação do Protheus padrão.

Este cadastro deverá ser feito manualmente no Protheus e no RM, e depois configurar o “de/para” de integração correspondente (RM e Protheus possuem interfaces específicas para este fim). Neste caso, não será utilizada nenhuma mensagem para o sincronismo deste cadastro.

O cadastro de filial também deve ser feito manualmente na tabela de “de-para” de integração.


De-para RM (Empresa)

De-Para Protheus (Empresa)/(FILIAL)

Tabela RM

GCOLIGADA

Referência

RM

Chave Primária RM

CODCOLIGADA

Company

<Valor da Empresa RM>

Valor Chave Primária RM

<Valor CODCOLIGADA>

Branch

<Valor da Coligada RM>

Sistema Integrado

PROTHEUS

Emp. Protheus

<Empresa do Protheus>

Valor Chave Integração

< Valor recebido pelo InternalId >

Fil.Protheus

<Filial do Protheus>


Banco 

O cadastro de bancos, agências e conta caixa devem ser cadastrados somente no BackOffice Protheus através do módulo SIGAFIN. Esta informação é utilizada somente na integração financeira quando se deve informar a conta caixa no processo de baixa.


Identificador da Mensagem: BANK

Versão: 2.000

Módulo RM: BackOffice – Gestão Contábil

Módulo Protheus: SIGAFIN

Tipo de Envio: Síncrono.

Mensagem Padrão

PROTHEUS

RM

Tabela

Campo

Tabela

Campo

Code

SA6010

A6_CODE

GBANCO

NUMBANCO

Name

SA6010

A6_NOME

GBANCO

NOME

ShortName

SA6010

A6_NREDUZ

GBANCO

NOMEREDUZIDO

Febraban

SA6010

A6_NUMBCO

GBANCO

NUMEROOFICIAL

Code

SA6010

A6_CODE

GAGENCIA

NUMBANCO

Agency/Number

SA6010

A6_AGENCIA

GAGENCIA

NUMAGENCIA

Address/Number



GAGENCIA

NUMERO

Address/Complement

SA6010

A6_END

GAGENCIA

COMPLEMENTO

Address/City/Description

SA6010

A6_MUN

GAGENCIA

CIDADE

Address/State/Code

SA6010

A6_EST

GAGENCIA

ESTADO

Address/District

SA6010

A6_BAIRRO

GAGENCIA

BAIRRO

Address/ZIPCode

SA6010

A6_CEP

GAGENCIA

CEP

ContactInformation/ CommunicationInformation/PhoneNumber

SA6010

A6_TEL

GAGENCIA

TELEFONE

Account/Number



FCONTA

NROCONTA

CompanyId



FCONTA

CODCOLIGADA

CompanyId



FCXA

CODCOLIGADA

Account/Number



FCXA

CODCXA

-


concat('Conta Caixa - ',Number)

FCXA

DESCRICAO

CompanyId



FCXA

CODCOLPROP

CompanyId



FCXA

CODCOLCONTA

Protheus:

RM:

 

 


Centro de Custo

Os Centros de Custos devem ser cadastrados somente no BackOffice Protheus através do SIGACTB (Atualizações / Entidades / Custos) e serão sincronizados automaticamente para o RM.

 

Identificador da Mensagem: COSTCENTER

Versão: 2.000

Módulo RM: BackOffice – Gestão de Estoque, Compras e Faturamento /Cadastros / Centro de Custo

Módulo Protheus: SIGACTB

Tipo de Envio: Síncrono.

Mensagem Padrão

PROTHEUS

RM

Tabela

Campo

Tabela

Campo

CompanyId

CTT


GCCUSTO

CODCOLIGADA

CompanyInternalId

CTT

Empresa

-

-

BranchId

CTT

CTT_FILIAL

-

-

Code

CTT

CTT_CUSTO

GCCUSTO

CODCCUSTO

InternalId

CTT

Empresa/CTT_FILIAL/CTT_CUSTO


IDINTEGRACAO

RegisterSituation

CTT

CTT_BLOQ

GCCUSTO

ATIVO

Name

CTT

CTT_DESC01

GCCUSTO

NOME

ShortCode

CTT

CTT_RES

GCCUSTO

CODREDUZIDO

SPED


-

GCCUSTO

ENVIASPED

Class

CTT

CTT_CLASSE

GCCUSTO

PERMITELANCAMENTO


Notas:

RM: Deve-se definir a máscara do código do centro de custo. O código no Protheus é um campo livre, podendo assim enviar um valor que o RM não possa aceitar, o RM faz a validação do código do Protheus de acordo com a máscara e retorna um erro quando existir.

A tag <SPED> da mensagem única é do tipo boolean (true/false) que será gravado no campo “SPED” do RM os valores “T” para true e “F” para false.

A tag <RegisterSituation> da mensagem única é um Enumerado (Active/Inactive) que será gravado no campo “ATIVO” os valores “T” para Active e “F” para Inactive.

A tag <Class> será gravada no campo “PERMITELANCAMENTO”. Quando o valor da tag for 1 (Sintético) será gravado 0, se o valor da tag for 2 (Analítico) será gravado 1.

Importante:

Após cadastrar os centros de custos, acessar o RMSaude.exe / Opções / Parâmetros / Funções Automáticas, cadastrar a função Importação de Centro de Custo, definir um período, salvar e em seguida clicar no botão Executa.


Moeda

As Moedas devem ser cadastrados somente no BackOffice Protheus através do SIGACTB (Atualizações / Cadastros / Moedas Contábeis) e serão sincronizados automaticamente para o RM.

Não é permitido alterar o símbolo de uma moeda já cadastrada.

 

Identificador da Mensagem: CURRENCY

Versão: 2.000

Módulo RM: BackOffice – Gestão de Estoque, Compras e Faturamento /Cadastros / Financeiro / Moedas e Índices

Módulo Protheus: SIGACTB

Tipo de Envio: Síncrono.


Mensagem Padrão

PROTHEUS

RM

Tabela

Campo

Tabela

Campo

Code

CTO

CTO_MOEDA

-

-

InternalId

CTO

Empresa/ CTO_FILIAL/ CTO_MOEDA

HCINTEGRACAOID

IDINTEGRACAO

Description

CTO

CTO_DESC

GMOEDA

DESCRICAO

Symbol

CTO

CTO_SIMB

GMOEDA

SIMBOLO

DecimalPlaces

CTO

CTO_DECIM

GMOEDA

NUMCASASDECIMAIS


Notas:

RM: O símbolo da moeda é a chave primária. Desta forma, ao cadastrar no Protheus uma moeda com um símbolo que já exista no RM ele será vinculado ao registro cadastrado anteriormente caso seja de empresas diferentes, ou seja, teremos dois registros no de/para do RM apontando para um único registro de moeda. Exemplo:


Empresa

Moeda

Descrição

Símbolo

 Casas Decimais

01

01

Moeda 01

 2

02

01

Moeda 02

 2

03

01

Moeda 03

 2


O de/para no RM ficará:


Tabela RM

Chave RM

Valor Chave RM

Sistema Integrado

 Chave Integração

GMOEDA

SIMBOLO

Protheus

 01/ /01

GMOEDA

SIMBOLO

Protheus

 02/ /01

GMOEDA

SIMBOLO

Protheus

 03/ /01


Caso o usuário tente cadastrar uma nova moeda com o mesmo símbolo para a empresa que já tenha este símbolo integrado o RM retornará uma mensagem de erro. Exemplo:


Empresa

Moeda

Descrição

Símbolo

 Casas Decimais

01

02

Moeda 02

 2


Neste caso será retornado uma mensagem de erro pois a empresa 01 já possui a moeda 01 com o símbolo € cadastrado. Este tratamento será feito no RM via eventos.

Se alterado no PROTHEUS dados de uma moeda, cuja exista mais de um de-para no RM, as demais moedas do RM sofrerão a alteração, porém no PROTHEUS as demais moedas nada sofrerão. Exemplo:


Empresa

Moeda

Descrição

Símbolo

 Casas Decimais

02

01

Moeda 01 alterada

 4


Para a alteração acima serão alterados o cadastro da moeda 01 da empresa 02 do Protheus e na moeda € do RM porém, as moedas 01 da empresa 01 e 03 do Protheus não serão alteradas.

Protheus:


RM:

Cliente/Fornecedor

Os Fornecedores devem ser cadastrados somente no BackOffice Protheus através do SIGAFIN (Atualizações / Cadastros / Fornecedor).

O sincronismo de Cliente e Fornecedor será de forma automática para o RM utilizando a mesma estrutura de mensagem. O que os difere é a Tag <EntityType>.

Esta mesma mensagem é utilizada para o cadastro de convênios, prestadores e responsáveis financeiros. Porém estes cadastros são realizados no TOTVS Hospitalar.


Identificador da Mensagem: CUSTOMERVENDOR

Versão: 2.002

Módulo RM: BackOffice – Gestão de Estoque, Compras e Faturamento /Cadastros / Financeiro / Clientes/Fornecedores

Módulo Protheus: SIGAFAT e SIGAFIN

Tipo de Envio: Síncrono

Mensagem Padrão

 

PROTHEUS - Cliente

PROTHEUS - Fornecedor

RM

Tabela

Campo

Tabela

Campo

Tabela

Campo

CompanyId

SA1

Empresa

SA2

Empresa

FCFO

CODCOLIGADA

BranchId

SA1

A1_FILIAL

SA2

A2_FILIAL

-

-

CompanyInternalId

SA1

Empresa/A1_FILIAL

SA2

Empresa/ A2_FILIAL

-

-

Code

SA1

A1_COD

SA2

A2_COD

FCFO

CODCFO

InternalId

SA1

Empresa/A1_FILIAL /A1_COD

SA2

Empresa/ A2_FILIAL/A2_COD

HCINTEGRACAOID


ShortName

SA1

A1_NREDUZ

SA2

A2_NREDUZ

FCFO

NOMEFANTASIA

Name

SA1

A1_NOME

SA2

A2_NOME

FCFO

NOME

Type

SA1

Customer

SA2

Vendor

FCFO

PAGREC

EntityType

SA1

A1_TIPO

SA2

A2_TIPO

FCFO

PESSOAFISOUJUR

RegisterDate

SA1

RegisterDate





RegisterSituation

SA1

A1_MSBLQL

SA2

A2_MSBLQL

FCFO

ATIVO

GovernmentalInformation.Id Name=CNPJ

SA1

A1_CGC

SA2

A2_CGC

FCFO

CGCCFO

Address.Address

SA1

A2_END

SA2

A2_END

FCFO

RUA

Address.Number

SA1

A2_END

SA2

A2_END

FCFO

NUMERO

Address.Complement

SA1

A1_COMPLEM

SA2

A2_COMPLEM

FCFO

COMPLEMENTO

Address.City.CityCode

SA1

A1_EST+A1_COD_MUN

SA2

A2_COD_MUN

FCFO

CODMUNICIPIO

Address.City.CityDescription

SA1

A1_MUN

SA2

A2_MUN

FCFO

CIDADE

Address.District

SA1

A1_BAIRRO

SA2

A2_BAIRRO

FCFO

BAIRRO

Address.State.StateCode

SA1

A1_EST

SA2

A2_EST

FCFO

CODETD

Address.State.StateDescription

SA1

X5DESCRI

SA2

X5DESCRI

FCFO

DESCETD

Address.Country.CountryCode

SA1

A1_PAIS

SA2

A2_PAIS

FCFO

CODPAIS

Address.Country.CountryDescription

SA1


SA2


FCFO

PAIS

Address.ZIPCode

SA1

A1_CEP

SA2

A2_CEP

FCFO

CEP

Address.POBox

SA1

A1_CX_POST

SA2

A2_CX_POST

FCFO

CAIXAPOSTAL

ListOfCommunicationInformation.CommunicationInformation.PhoneNumber

SA1

A1_TEL

SA2

A2_TEL

FCFO

TELEFONE

ListOfCommunicationInformation.CommunicationInformation.FaxNumber

SA1

A1_FAX

SA2

A2_FAX

FCFO

FAX

ListOfCommunicationInformation.CommunicationInformation.Email

SA1

A1_EMAIL

SA2

A2_EMAIL

FCFO

EMAIL

Notas:

  • A máscara em ambos os sistemas deve ser igual.
  • Ao cadastrar um prestador é gerado um fornecedor no RM e sincronizado com o Protheus . O mesmo é gerado um fornecedor no Protheus.
  • Ao cadastrar um convênio é gerado um cliente no RM e sincronizado com o Protheus .  O mesmo é gerado um cliente no Protheus.
  • Ao cadastrar um responsável financeiro, é criado um cliente no RM e depois gerado um cliente no Protheus. Neste caso, o sincronismo só ocorre no pedido de nota fiscal.

Protheus:


Grupo de Estoque

Este cadastro no RM é tratado como uma tabela de classificação, TTB1 e sincronizado do RM para o Protheus.


Identificador da Mensagem: FAMILY

Versão: 2.000

Módulo RM: BackOffice – Gestão de Estoque, Compras e Faturamento/Cadastros/Tabelas de classificação

Módulo Protheus: SIGAEST

Tipo de Envio: Síncrono


Mensagem Padrão

PROTHEUS

RM

Tabela

Campo

Tabela

Campo

CompanyId

SBM010

Empresa

-

CODCOLIGADA

Code

SBM010

BM_GRUPO

TTB1

CODTB1FAT

InternalId

SBM010

Empresa/ BM_GRUPO

HCINTEGRACAOID

CODCOLIGADA/ CODTB1FAT

Description

SBM010

BM_DESC

TTB1

DESCRICAO

WarehouseCode


-

TTB1

-

UnitOfMeasureCode


-

TTB1

-

FamilyClassificationCode


-

TTB1

-



Notas:

Para utilizar esta mensagem é necessário parametrizar o Gestão de Estoques do RM para utilizar a tabela de classificação 1 TTB1. Isso já é feito pelo script de implantação. É necessário utilizar a fórmula visual Integração Grupo de produto para fazer o sincronismo deste cadastro com o Protheus.

Deve-se definir a máscara deste cadastro para ser compatível com o cadastro no Protheus.

RM:

Protheus:

Produto/Serviço

Os Produtos e Serviços devem ser cadastrados no RM e sincronizados automaticamente para o Protheus; ou configurados para ter origem no Protheus e sincronizados com o RM. Isso depende da configuração do Adapter no Protheus.


Identificador da Mensagem: ITEM

Versão: 2.001

Módulo RM: BackOffice – Gestão de Estoque, Compras e Faturamento /Cadastros / Produtos

Módulo Protheus: SIGAEST

Tipo de Envio: Síncrono.


Mensagem Padrão

PROTHEUS

RM

Tabela

Campo

Tabela

Campo

CompanyId

SB1

Empresa

TPRODUTO

CODCOLPRD

TPRODUTODEF

CODCOLIGADA

BranchId

SB1

B1_FILIAL

-

-

CompanyInternalId

SB1

Empresa/B1_FILIAL

-

-

Code

SB1

B1_COD

TPRODUTO

CODIGOPRD

InternalId

SB1

Empresa/B1_FILIAL/ B1_COD

HCINTEGRACAOID

IDINTEGRACAO

Name

SB1

B1_DESC

TPRODUTO

DESCRICAO

ShortName

SB1

B1_DESC

TPRODUTO

NOMEFANTASIA

Active

SB1

B1_ATIVO

TPRODUTO

INATIVO

UnitOfMeasureInternalId

SB1

Empresa/SAH_FILIAL/B1_UM

TPRODUTODEF

CODUNDCONTROLE

CODUNDCOMPRA

CODUNDVENDA

DeployDate

-

-

TPRODUTO

DTCADASTRAMENTO

NetWeight

SB1

B1_PESO

TPRODUTO

PESOLIQUIDO

GrossWeight

SB1

B1_PESBRU

TPRODUTO

PESOBRUTO

Origin

SB1

B1_ORIGEM

TPRODUTO

REFERENCIACP

Values.CostPrice

SB1

BZ_UPRC ou B1_UPRC

TPRODUTODEF

PRECO1

Values.SalesPrice

SB1

B1_PRV1

TPRODUTODEF

PRECO2

Values.AverageCostPrice

SB2

B2_CM1

TPRODUTODEF

CUSTOMEDIO

Values.StandardCostPrice

SB1

BZ_CUSTD ou B1_CUSTD

TPRODUTODEF

CUSTOUNITARIO

Values.BaseDate

SB1

BZ_UCALSTD ou B1_UCALSTD

TPRODUTODEF

DATABASEPRECO1

ProductType

SB1

B1_TIPO

TPRODUTO

TIPO

SecondUnitOfMeasureInternalId

SB1

Empresa/AH_FILIAL/B1_SEGUM

HCUNDCONV

CODUNDSEG

MultiplicationFactorValue

SB1

B1_CONV

HCUNDCONV

FATOR



Notas:

São aceitos dois tipos de produtos <ProductType>, Produto acabado (10) e Mão de Obra (07) que serão gravados o valor “P” para Mercadoria e “S” para Mão de Obra.

As configurações inicias da integração irá alterar a máscara do Código do Produto para “QQQQQQQQQQQQQQQ” que permite 15 caracteres de qualquer tipo.

A primeira unidade de medida do Protheus será gravada em todas unidades de medida (Controle, Compra e Venda) do Produto no RM.

Produto Global: Ao receber a mensagem única como produto global, o RM irá verificar via Eventos se nos parâmetros de produto está configurado para utilizar Produto Global, se estiver, será ignorado o código da coligada (CompanyId) enviado pelo Protheus e será gravado com o código 0 (zero). As configurações de Produto Global no Protheus e no RM ficarão a cargo do implantador.

Protheus:

RM:

 

Condição de pagamento

As Condições de Pagamentos devem ser cadastradas somente no BackOffice Protheus através do SIGACOM (Atualizações / Cadastros / Cond. de Pagamento) e serão sincronizados automaticamente para o RM.

 

Identificador da Mensagem: PAYMENTCONDITION

Versão: 2.000

Módulo RM: BackOffice – Gestão de Estoque, Compras e Faturamento/Cadastros/Tabelas auxiliares / Condições de pagamento

Módulo Protheus: SIGACOM

Tipo de Envio: Síncrono



Mensagem Padrão

PROTHEUS

RM

Tabela

Campo

Tabela

Campo

CompanyId

SE4

Empresa

TCPG

CODCOLIGADA

BranchId

SE4

E4_FILIAL

-

-

CompanyInternalId

SE4

Empresa/E4_FILIAL

-

-

Code

SE4

E4_CODIGO

TCPG

CODCPG

InternalId

SE4

Empresa/E4_FILIAL /E4_CODIGO

HCINTEGRACAOID

IDINTEGRACAO

Description

SE4

E4_DESCRI

TCPG

NOME

DayFirstDue

SE4

Ver Tópico 6.1.7.2

TCPG

PRAZO1

QuantityPlots

SE4


TCPG

QUANTASVEZES1

RangePlots

SE4


TCPG

PERIODOEMDIAS1

WeekDayFixed

SE4


TCPG

DIASVENCSEMANA

DaysCondition

-

-

TCPG

TIPO1

Protheus:

RM

 


Unidade de medida

As Unidades de Medidas devem ser cadastradas somente no BackOffice Protheus através do SIGAQIE (Atualizações / Cadastros / Unidades Medida) e serão sincronizados automaticamente para o RM.


Identificador da Mensagem: UNITOFMEASURE

Versão: 2.000

Módulo RM: BackOffice – Gestão de Estoque, Compras e Faturamento /Cadastros / Tabelas auxiliares / Unidade

Módulo Protheus: SIGAQIE

Tipo de Envio: Síncrono


Mensagem Padrão

PROTHEUS

RM

Tabela

Campo

Tabela

Campo

Code

SAH

AH_UNIMED

TUND

CODUND

InternalId

SAH

Empresa/AH_FILIAL/ AH_UNIMED

HCINTEGRACAOID

IDINTEGRACAO

Description

SAH

AH_DESCPO

TUND

DESCRICAO




TUND

CODUNDBASE




TUND

FATORCONVERSAO


Notas:

No Protheus a unidade de medida é um cadastro por empresa e no RM o cadastro de unidade de medida é um cadastro compartilhado, para solucionar esse caso as unidades de medida com mesmo símbolo no Protheus irão apontar para uma mesma unidade de medida do RM

No RM deve ser informada uma Unidade Base, porém não temos esta informação no Protheus, desta forma, este campo será preenchido com o valor do campo <Code>.

O campo “FATORCONVERSAO” receberá sempre o valor 1, pois a Unidade Base será sempre o mesmo código da Unidade Principal.

Local de Estoque

Os Locais de Estoque devem ser cadastrados somente no BackOffice Protheus no SIGACOM (Atualizações / Cadastros / Locais de Estoque) e sincronizados automaticamente para o RM através de mensagem única.

Identificador da Mensagem: WAREHOUSE

Versão: 1.000

Módulo RM: BackOffice – Gestão de Estoque, Compras e Faturamento /Cadastros / Local de Estoque

Módulo Protheus: SIGACOM

Tipo de Envio: Síncrono



Mensagem Padrão

PROTHEUS

RM

Tabela

Campo

Tabela

Campo

CompanyId

NNR

Empresa

TLOC

CODCOLIGADA

BranchId

NNR

NNR_FILIAL

-

-

CompanyInternalId

NNR

Empresa/NNR_FILIAL

TLOC

CODFILIAL

Code

NNR

NNR_CODIGO

TLOC

CODLOC

InternalId

NNR

Empresa/NNR_FILIAL/NNR_CODIGO

TLOC

CODCOLIGADA/CODFILIAL/CODLOC

Description

NNR

NNR_DESCRI

TLOC

NOME

Active



TLOC

INATIVO (0 – ATIVO, 1 – INATIVO)



Processos

Os processos poderão ser gerados através de dois Tipos de Fluxo:

  • RM / Protheus: O RM irá consumir um WebService do EAI Protheus para envio da(s) mensagem(s) e o Protheus irá retornar uma mensagem com o status do processamento, após a resposta do Protheus, o RM atualizará o registro no Monitor da Fila de Integração.
  • Protheus / RM: O Protheus irá consumir um WebService do EAI RM para envio da(s) mensagem(s) e o RM irá retornar uma mensagem com o status do processamento.

A seguir serão descritos os processos do TOTVS Hospitalar integrados diretamente com o BackOffice Protheus.

Título a pagar

Tipo de Fluxo: RM e Protheus

Mensagem: ACCOUNTPAYABLEDOCUMENT

Versão: 2.000

O título a pagar se refere aos repasses que o hospital deve pagar ao médico. Após serem liberados para pagamento, o usuário deverá clicar no botão Gerar título a pagar no Protheus para que o processo seja disparado. O processo de geração do movimento no Nucleus foi mantido. Após a inclusão do movimento é enviado para o Protheus a mensagem ACCOUNTPAYABLEDOCUMENT com os dados do prestador, valor a ser pago, data de emissão, vencimento. A série do documento gerado será o parâmetro SERIEDOCFOLHAPAGTO e o tipo de documento será o conteúdo do parâmetro TIPODOCFOLHAPAGTO. Caso seja necessário cancelar a folha, basta clicar no botão Retornar para correção que o título será excluído do Protheus.


Título a receber

Tipo de Fluxo: RM è Protheus

Mensagem: ACCOUNTRECEIVABLEDOCUMENT

Versão: 3.000

O título a receber é gerado para as faturas de convênios. Além do título a receber é gerando em conjunto o pedido de venda. Este processo é executando no menu Faturamento -> Geração de Movimento de fatura.

A série do documento gerado será o parâmetro SERIEDOCMOVFATURA e o tipo de documento será o conteúdo do parâmetro TIPODOCMOVFATURA. Caso seja necessário cancelar o movimento de fatura, basta clicar no botão Exclui Movimento de Fatura que o título será excluído do Protheus.


Baixa de títulos

Tipo de Fluxo: RM è Protheus

Mensagem: ACCOUNTRECEIVABLEDOCUMENTDISCHARGE

Versão: 2.000

A baixa de títulos é realizada nas faturas dos convênios. Após gerado o movimento de fatura e consequentemente gerado no Protheus o título a receber, basta acessar o menu Tesouraria/Controle de Recebimentos, página inferior Fatura, subpágina Fatura. Informe a competência, o convênio e a unidade de faturamento e clique no botão Pesquisar. Selecione a fatura desejada, clique na subpágina Recebimentos e inclua o valor recebido. Neste momento é solicitada a conta-caixa deste recebimento e a baixa será efetuada no Protheus.


Cancelamento de Baixa de títulos

Tipo de Fluxo: RM è Protheus

Mensagem: REVERSALOFACCOUNTRECEIVABLEDOCUMENTDISCHARGE

Versão: 2.000

O cancelamento de baixa de títulos deve ser realizado quando o valor informado está incorreto ou algum outro motivo que leve a exclusão do recebimento. Feito isso, a baixa associada será excluída no Protheus.



Inventário

Tipo de Fluxo: Protheus è RM

Mensagem: INVENTORY

Versão: 1.000

O inventário é realizado no Protheus e sincronizado com o RM apenas para manter o histórico de movimentações dos produtos, assim como a geração dos códigos de barras para os diversos lotes.


Nota fical de entrada

Tipo de Fluxo: Protheus è RM

Mensagem: INVOICE

Versão: 3.001

A nota fiscal de entrada de produtos é realizada no Protheus e sincronizada com o RM.

No RM é gerado um movimento com o código do fornecedor da nota, data de emissão e seus itens com a quantidade, preço unitário, validade e lote. Ao receber a nota fiscal de entrada, a integração criará os novos lotes recebidos com suas respectivas validades e incluirá nas tabelas do Nucleus. Estes dados são importantes para que o TOTVS Hospitalar consiga atualizar os preços dos itens e gerar os códigos de barras dos itens.


Pedido de venda

Tipo de Fluxo: RM è Protheus

Mensagem: ORDER

Versão: 3.002

O pedido de venda se refere à fatura gerada para os convênios e ao pedido de emissão de nota fiscal para o paciente.

Após encerrada a conta do paciente e esta possuir gastos particulares, o usuário acessará o TOTVS Hospitalar, menu Tesouraria /Controle de Solicitação p/ Emissão de Nota Fiscal / Recibos. Clicar no botão Gerar Solicitação de emissão de documento, informar o paciente, selecionar o tipo de gasto, selecionar o responsável financeiro e clica no botão Processar. Após isso, clicar no botão Gera Pedido de emissão de documento para o Protheus. Neste momento é exibido o movimento associado a este processo e deve-se informar a condição de pagamento deste pedido de venda.

Para a fatura, acesse o menu Faturamento /Geração de Movimento de fatura. Clicar no botão Gera Movimento de fatura e informar a condição de pagamento para este pedido. No caso da fatura são utilizadas duas mensagens, a Order para o pedido de venda e a ACCOUNTRECEIVABLEDOCUMENT para o título a receber.


Saldo em estoque

Tipo de Fluxo: RM è Protheus

Mensagem: STOCKLEVEL

Versão: 1.000

Esta mensagem é utilizada para se consultar o saldo no BackOffice Protheus. São enviados o produto e o local de estoque e retornam o saldo por lote e validade que serão exibidos na tela de movimentação de estoque e impressão de etiquetas de códigos de barras.



1.1.8.    Movimentação de estoque


Tipo de Fluxo: RM è Protheus e Protheus è RM

Mensagem: STOCKTURNOVER

Versão: 1.003


Esta mensagem é utilizada em toda movimentação que envolve mudança de saldo no estoque. Tanto as movimentações do lado do RM quanto do lado do Protheus refletirão em ambos os sistemas. No lado do RM seria apenas como histórico, já no Protheus ocorre a alteração no saldo e suas respectivas alterações financeiras e fiscais. Esta mensagem envolve requisição para paciente, devolução de paciente, requisição para centro de custo, devolução de centro de custo, folha de sala, requisição para o CME




Devolução

 


Transferência

Tipo de Fluxo: RM è Protheus e Protheus è RM

Mensagem: TRANSFERWAREHOUSE

Versão: 1.001

Esta mensagem é utilizada para refletir as transferências de produtos entre locais de estoque.


Restrições:

No RM, um movimento de transferência, os itens só podem ser transferidos entre dois locais de estoque, ou seja, os locais são definidos no movimento. Já no Protheus, é possível definir para cada item o local de origem e o de destino. Com isso, com a integração ativa, no Protheus deve-se realizar as transferências apenas com os mesmos locais de estoque para todos os itens.


Checklist de suporte da aplicação

Instalação/Configuração

Protheus:

  • Verificar no AppServer.INI está configurado ambiente correto, Filial, ou se a chamada do Scheduler foi configurado.
  • Verificar no Adapter se a Rotina está cadastrada e se constam todas as informações corretas como: Nome correto do XSD, se Envia está como SIM, se o Serviço está como EAI.
  • Verificar se no Scheduler foi cadastrado o Agent e se o Ambiente está o mesmo do AppServer.INI e o Agendamento se na Rotina está FWEAI,  e a Filial a que você está Logado .
  • Verifique os Parâmetros, MV_EAIMETH, MV_EAIWS , MV_EAIURL2, MV_EAIUSER, MV_EAIPASS
  • Verifique o Firewall (desabilite-o).

RM:

  • Verificar em RM.exe / Segmento Integrações / Aba Integração / Mensagem Única / Integrações se a integração ID = 1011 está com Status = ‘Ativo’.
  • Verificar se existe as fórmulas visuais ativas.


Checklist de Verificações:

Relacione itens de verificações para que o atendente possa:

  • Identificar o funcionamento da integração

Protheus:

Para verificar se a integração está funcionando, entre no Scheduler e em EAI, clique na última linha de histórico de Transações, clique nele e clique na Lupa da mesma tela, abrirá no Browser um arquivo XML com todas as informações que você cadastrou na Tela, verifique se aparece a Data a Hora e Inicio de Processamento e Fim de Processamento, sem nenhuma mensagem de Erro no meio destas informações.

RM:

  • Verificar se na fila de mensagem única existem registros.
  • Verificar no menu de Integrações se a integração ID=1011 está com status = ‘Ativo’.
  • Verificar se foram importadas as Fórmulas Visuais para esta integração.
  • Identificar a ocorrências de problemas

Protheus:

  • Procure no histórico se tem alguma linha com mensagem de Erro.

RM:

  • Verificar se na fila de mensagem única existem registros com Status de Execução = “Error”.
  • Coletar evidências do mau funcionamento relatado pelo cliente

Protheus:

  • Tivemos o problema do Firewall estar bloqueando a entrega da mensagem, tivemos que desligar para funcionar.
  • O Servidor de Entrega da Mensagem tem Usuário e Senha que devem ser logados para receber a Mensagem: para isto cadastre nos parâmetros já informados na Instalação, MV_EAIUSER e MV_EAIPASS  e preencher com os dados do Login e Senha.
  • Host do Destinatário ter caído.
  • Confirmar Endereço IP e Porta do Destinatário e verificar se está correto no parâmetro MV_EAIURL2.

RM:

  • O web.config (tags DBAlias e Port) do WebSerivce deve possuir o mesmo nome do Alias e a mesma Porta usadas na aplicação RM.exe.
  • Realizar possíveis ajustes na integração quanto à configuração ou negócio

Protheus:

  • Verifique se os Parâmetros estão configurados corretamente com o endereço de IP e Porta do Server Destino que receberá a Mensagem ou a Configuração do Adapter ou seu Appserver.INI
  • Outras Informações.