Page tree

Versions Compared

Key

  • This line was added.
  • This line was removed.
  • Formatting was changed.
Comment: Migration of unmigrated content due to installation of a new plugin

Store


Sistemas Envolvidos

Descrição dos sistemas envolvidos no contexto de negócio (e que serão envolvidos na integração).

  • Sistema/Módulo vertical - Qual o módulo, qual marca, suas principais características, funcionalidades, escopo do módulo, etc
  • BackOffice(s) - Qual(ais) marca(s), o que o ERP engloba, quais são seus pontos fortes, funcionalidades, etc, explanações principalmente no que diz respeito às funcionalidades do ERP que serão utilizadas pela integração (mas sem citar a integração)

Integração

O que levou a criação da integração / o porquê da integração (Finalidade/Objetivo), de forma macro, o que será integrado do, por exemplo, Vertical com o ERP (BackOffice)


Explique o contexto de negócio ou do problema na qual esta integração estará inserida. Isto inclui o funcionamento da(s) ponta(s) envolvida(s).


Apresentar a integração como uma melhoria para o cenário ou como uma solução para o problema.


  • Premissas
    Gerais, do Vertical, do BackOffice e dos demais artefatos/sistemas envolvidos
    Premissas Gerais
    Premissas A
    Premissas B


  • Arquitetura (Tecnologia)

Escopo

Descreva, dado o contexto, qual o escopo de atuação da integração. Cite as áreas/perfis de usuários e funções impactadas. Se existe uma parte do contexto de negócio que a integração não tenta resolver, deixe explícito.


Defina exatamente o que a integração FAZ, o que ela NÃO FAZ e a sua finalidade.

[O conteúdo poderá estar disponível na ferramenta PMS – Painel de Gestão de Projetos, opção Plano do Projeto]


Como são os processos os que serão integrados, mas com uma visão geral e não só o ponto de integração caso contrário a homologação [ou outro que pegar o documento] não saberá do que se trata no sistema vertical, de forma sucinta, como funciona e o(s) ponto(s) de integração.


Citar a responsabilidade de cada produto.


Descrever com mais detalhes sobre o que será integrado (mas não ser especialista nas entidades/processos, pois suas particularidades serão descritas posteriormente) incluindo diagramas, prints, imagens, etc o que for interessante para auxiliar o entendimento.


Interessante aqui a inclusão de diagramas, imagens, lógicas, fluxo(s) do(s) processo(s) o que considerar interessante e agregador ao documento e ao escopo.

Pré-requisitos instalação/implantação/utilização

Relacione quais são os pré-requisitos (técnicos ou de negócio) para a integração. Este tópico não deve incluir informações da implantação normal do módulo, mas apenas informações específicas da integração. É como se este tópico já partisse do princípio que o módulo que será integrado já está normalmente instalado.


Entre os tópicos deste tópico podemos citar:

  • Versões mínimas de produtos.
  • Módulos ou programas que geram informações necessárias a integração. Muitas vezes a integração partirá de informações que somente são trabalhadas em um determinado programa ou processo, que deverá estar em uso no cliente.
  • Ferramentas que são necessárias a integração, como: EAI, ESB, servidor de WebService etc.
  • Aspectos legais nos quais as partes envolvidas na integração devem estar inseridas, caso as informações envolvidas sejam utilizadas para o cumprimento de alguma lei específica.
  • Requisitos de hardware ou Software, como servidores, link de internet, capacidade de armazenamento e memória, sistema operacional.

Instalação/Atualização

Este tópico tem por objetivo orientar a instalação da integração, visando o seu funcionamento completo. Instalação de produtos ou ferramentas necessárias podem referenciar outros documentos existentes, desde que estejam disponíveis no repositório de documentação da TOTVS ou sejam enviados junto com o documento da integração em si. As informações mínimas necessárias para teste tópico são:

  • Procedimentos que devem ser observados quando um dos produtos for atualizado.
  • Configuração necessária que deve ser realizada em arquivos de configuração ou programas de parâmetros etc.
  • Arquivos diversos que devem ser mantidos em determinados locais para o funcionamento da integração, exemplo: xml, xsd.
  • Atualizações necessárias em banco de dados ou instruções para que elas sejam feitas.
  • Processos, módulos ou programas que precisam ser instalados ou atualizados. Deve ser definida a versão mínima necessária dos programas envolvidos.
  • Ferramentas, servidores ou serviços que precisam ser disponibilizados e configurados, o que pode gerar necessidade de novo hardware ou aumento de capacidade. Exemplo: serviço de WebService.
  • Instruções para habilitar a comunicação da ferramenta EAI entre as partes, quais rotas devem ser definidas ou como as transações devem ser habilitadas.

 

Observação: evite o uso de Prints de telas, facilitando, assim, o trabalho de tradução e versionamento deste documento.

Datasul

Insira aqui as informações pertinentes a Datasul.

Logix

Insira aqui as informações pertinentes ao Logix.

Protheus

Insira aqui as informações pertinentes ao Protheus.

RM

Insira aqui as informações pertinentes ao RM.

Controle de Versão

O grupo TOTVS, representado por suas marcas, irá administrar as demandas de evolução dos layouts e demais ajustes, acordando junto aos solicitantes o prazo de liberação de release.

Todas as evoluções programadas deverão ser discutidas e aprovadas pelas marcas antes do início do desenvolvimento e somente serão desenvolvidas em caso de concordância das marcas e alinhamento com as diretivas definidas pelo Comitê de Integração TOTVS.

Suporte

O suporte aos recursos da Integração será de responsabilidade de todas as linhas, sendo assim as equipes de suporte dos produtos RM Conector e Backoffice Protheus estarão aptas a fazer a primeira análise e, quando necessário, repassar para a equipe mais adequada em cada caso.

Observação: Este modelo de suporte está sendo revisado pela TOTVS.

Transações/Entidades/Mensagens únicas

Apresente quais as transações/entidades que são trocadas e quem envia a informação para quem. Pode (e recomenda-se) ter um diagrama, uma tabela ou afins que apresente este fluxo.

Relacione quais são as mensagem únicas (TOTVSMessage) utilizadas e qual o seu relacionamento com as entidades já existentes do ERPs envolvidos.

Exemplos:

 


 



Método

ID

Descrição

Origem

Destino

XSD (versões podem variar)

Cadastros

01

Cliente/Fornecedor

RM

Protheus

CustomerVendor_1_000.xsd

02

Moeda

RM

Protheus

Currency_1_000.xsd

03

Unidade de Medida

RM

Protheus

UnitOfMeasure_1_000.xsd

04

Produto

RM

Protheus

Item_?_000.xsd

05

Centro de Custo

RM

Protheus

CostCenter_1_000.xsd

06

Ativos

RM

Protheus

NOVA, Ativo fixo

07

Funcionários

RM

Protheus

Employee_1_000.xsd

08

Projeto

RM

Protheus

Project_1_000.xsd

09

Obra

RM

Protheus

SubProject_1_000.xsd

10

Tarefa

RM

Protheus

TaskProject_1_000.xsd

11

Meio de Pagamento

RM

Protheus

?????.xsd

12

Condições de pagamento

RM

Protheus

PaymentCondition_1_000.xsd

13

Coligada*
* implementado, mas o Protheus não vai enviar, estamos avaliando alternativa para preencher o de/para

RM

Protheus

Company_1_000.xsd

14

Filial*
* implementado, mas o Protheus não vai enviar, estamos avaliando alternativa para preencher o de/para

RM

Protheus

Branch_2_000.xsd

Processos

15

Solicitações (compras/armazém)

Protheus

RM

Request_1_000.xsd

16

Cancelar movimento (solicitação, OS, etc)

Protheus

RM

CancelRequest_1_000.xsd

17

Cancelar movimento (solicitação, OS, etc)

RM

Protheus

CancelRequest_1_000.xsd

18

Baixa de estoque

Protheus

RM

Request_1_000.xsd

19

Baixa de estoque

RM

Protheus

Request_1_000.xsd

20

Consulta Saldo

Protheus

RM


21

Apropriação de custos



Request _1_000.xsd

22

Geração de OS




23

Consulta de OS




24

Ampliação patrimonial






Fluxo das Informações

 

Para cada fluxo de informação descreva, se necessário, alterações de comportamento que o respectivo produto irá sofrer. Por exemplo: quando o Logix recebe o PEDIDO de OUTRO ERP, este pedido não poderá ser alterado no Logix.

Liste quais as entidades integradas e como é o mapeamento entre as diferentes estruturas. Por exemplo: Classe no sistema A vira categoria no sistema B, o campo X é refletido no campo Y etc.

Liste quais transações/operações a integração fará com as entidades relacionadas. Exemplo: Insert de PEDIDO, Insert, update de ITEM, buscar saldo em estoque do ITEM no dia X ou buscar dados do FUNCIONÁRIO.

Cadastros

Descreva características gerais do fluxo de informações e que serão comuns para este tipo de entidade. Características particulares para cada entidade deverão ser citadas em tópicos específicos de cada entidade.

Sempre que existir (a sugestão é sempre criar) e for agregador ao documento acrescentar aqui os diagramas/imagens ou até mesmo colocar tais diagramas diretamente na especificação dos processos

Em seguida faça uma descrição para cada um dos fluxos para cada entidade

 

<Transação/Entidade>

Identificador da Mensagem: <mensagem>

Versão: <versão>

Módulo <marca 1>: <BackOffice – Gestão xxxxxxx>

Módulo <marca 2>: <SIGAXXX>

Tipo de Envio: <Assíncrona/Síncrona>


Mensagem Padrão

PROTHEUS

RM

Tabela

Campo

Tabela

Campo

Code

CTO990

CTO_SIMB

GMOEDA

SIMBOLO *

Description

CTO990

CTO_DESC

GMOEDA

DESCRICAO

Symbol

CTO990

CTO_SIMB

GMOEDA

SIMBOLO


Notas:

Observações sobre comportamento desta mensagem ou dos processos envolvidos nela/para ela

A seguir descrever as variações, particularidades da mensagem e processos (integração) de acordo com cada marca


Limitações/Restrições

Descreva limitações e restrições para a integração que está sendo descrita.

Processos

Descreva características gerais do fluxo de informações e que serão comuns para este tipo de entidade. Características particulares para cada entidade deverão ser citadas em tópicos específicos de cada entidade.

Sempre que existir (a sugestão é sempre criar) e for agregador ao documento acrescentar aqui os diagramas/imagens ou até mesmo colocar tais diagramas diretamente na especificação dos processos

Em seguida faça uma descrição para cada um dos fluxos para cada entidade

 

<Transação/Processo>

Tipo de Fluxo: Protheus -> RM

Mensagem: Request_1_000

Versão: 1.000

Descrição de todo o comportamento e funcionamento do processo. Breve contexto, origem, regras, integração (geração da mensagem, envio, recebimento no destino), o quê supostamente irá ocorrer no destino, retorno, impacto, consequências, o que foi afetado, como conferir, validar, etc o retorno.


Acrescentar um diagrama do processo.

A seguir descrever as variações, particularidades da mensagem e processos (desta integração) de acordo com cada marca


Notas:

Observações sobre comportamento desta mensagem ou dos processos envolvidos nela/para ela


Limitações/Restrições

Descreva limitações e restrições para a integração que está sendo descrita. 

Limitações / Restrições Gerais

Descreva limitações e restrições para cada fluxo descrito no tópico anterior. Exemplo:

  • ERP1 envia ITEM cadastrado para o ERP2

ERP1 somente enviará o ITEM se este estiver em uma das famílias cadastradas no parâmetro FAMILIA_INTEGRACAO.


Se o tipo de valorização do estoque for FIFO.

  • ERP2 envia PEDIDO cadastrado para o ERP1

O pedido recebido no ERP1 vindo do ERP2 estará bloqueado para alteração.

 

Como fazer (opcional)

Descreva os passos que viabilizem a integração.

Exemplo:

Os passos para viabilizar a integração são:

  • No Logix ou no Protheus efetue o cadastro das seguintes informações: Clientes, fornecedores, transportadores, cidades, cotação de moeda e unidades de medida.
  • No Logix cadastrar um novo depositante e efetuar toda a parametrização necessária para a operação de WMS.
  • No Logix cadastrar um novo produto que seja controlado pelo WMS, para o depositante cadastrado anteriormente.
  • No Logix efetuar um processo de recebimento para o produto cadastrado anteriormente, utilizando uma nota fiscal provisória (tipo “A”).
  • No Protheus consultar a nota fiscal de recebimento que foi registrada no Logix, validando as informações recebidas.
  • No Logix efetuar um processamento de regularização fiscal, efetuando a cobertura dos produtos recebidos anteriormente.
  • No Protheus verificar se foi efetuado corretamente o relacionamento entre os dois documentos.
  • No Logix efetuar um processo de expedição para o novo produto cadastrado, até o momento do envio da mensagem de integração de pedido de venda.
  • No Protheus efetuar o faturamento do pedido de venda recebido.
  • No Protheus verificar se a nota fiscal gerada contém todas as informações necessárias para o segmento de operador logístico (armazém geral).
  • No Protheus efetuar a escrituração fiscal das notas fiscais, verificando se as regras da legislação deste segmento foram respeitadas.
  • No Logix é possível consultar o número do pedido de venda gerado para as notas fiscais de retorno simbólico e conta/ordem no programa WMS6333 (Consulta de Documentos). Para os processos de faturamento de serviço o número do pedido está disponível no programa WMS6411 (Movimentos a Faturar).

 

Situações comuns (opcional)

Descreva situações problemáticas comuns que podem ocorrer durante o funcionamento da integração e como solucioná-los. Neste ponto também é importante dar instruções de como reconhecer e investigar problemas que podem vir a ocorrer durante a integração. Se houver, apresente tabelas de códigos e descrições de erros que a integração poderá apresentar.

Este tópico possivelmente será alimentado com as experiências durante o desenvolvimento da integração e poderá ser realimentado durante o uso da integração no cliente.

Exemplo 1:

Tratamento de erros de integração (Produto A)


Erro

Mensagem

Solução

Código do erro

Mensagem exibida

Ação a ser tomada para resolução do erro.


Tratamento de erros de integração (Produto B)

Erro

Mensagem

Solução

Código do erro

Mensagem exibida

Ação a ser tomada para resolução do erro.


 

Exemplo 2:

Quando uma mensagem é enviada do Logix para o Protheus, podem ocorrer situações em que o WebService não estará totalmente funcional. Nestes casos uma mensagem de erro genérica irá aparecer na tela:

Exemplo:

Erro ao enviar a mensagem de Cidade via Integração

Se o arquivo de log for analisado, poderemos ver a falha na comunicação com o sistema destino:

-------------------------------------------------------------------------------

WSCERR044 / Não foi possível POST : URL http://172.16.31.57:8011/ws/FWWSEAI.apw

ADVPL WSDL Client 1.080707 / tst on 20120315 08:49:51

-------------------------------------------------------------------------------


Para resolver este problema, verifique as configurações do sistema de destino, analisando o funcionamento do servidor utilizado para esta comunicação e a habilitação do endereço do WebService. 

Checklist de suporte da aplicação

Crie um check-list de verificação de alguns pontos importantes para o funcionamento e atendimento da integração.

Instalação/Configuração

Relacione itens de verificação para garantir que a integração está corretamente instalada e configurada. Isto não pode ser uma cópia do procedimento de instalação/configuração, mas verificações pontuais que podem remeter aos itens da instalação.


Checklist de Verificações:

Relacione itens de verificações para que o atendente possa:

  • Identificar o funcionamento da integração;
  • Identificar a ocorrências de problemas;
  • Coletar evidências do mau funcionamento relatado pelo cliente;
  • Realizar possíveis ajustes na integração quanto à configuração ou negócio.

Anexos

Widget Connector
urlhttps://www.youtube.com/watch?v=hbDu6hu7C9U&list=PLXa8l0dq5zRmGJu14cIx4Y_fF7C33O3W8