Árvore de páginas
Ir para o final dos metadados
Ir para o início dos metadados

Introdução

No cenário atual, conforme o local de instalação do TSS On-Line (Padrão), a comunicação com o ERP pode ser prejudicada devido as instabilidades que possam ocorrer  na rede de comunicação. Caso o ERP não consiga comunicação com o TSS On-Line ,os processos dependentes do TSS tornam-se inoperantes.

Diante desse cenário, foi criado o TSS Off-Line, atendendo a demanda de transmissões de documentos eletrônicos em contingência OFFLINE, NFC-e e NF-e que são os documentos disponibilizados pelo Fisco para a transmissão da contingência OFFLINE .

Observação

É Importante ressaltar que a recomendação para o  uso do TSS Off-line  deve ser avaliada de acordo com a necessidade de transmissões de contingência OFFLINE, caso o contrario não há a necessidade de instalação dessa ferramenta.

Visão Geral

 

O TSS Off-Line é uma aplicação composta por uma estrutura semelhante ao do TSS On-Line (Padrão), diferenciando-se apenas quanto a estrutura para persistência dos dados.

Atualmente a persistência de dados no TSS é realizada em bancos de dados relacionais através do uso do TOTVS DBACCESS. Com o TSS Off-Line, a persistência é feita em base de dados local através do uso do SQLITE, que vem embarcado na própria instalação do TSS, eliminando a necessidade de instalação e uso tanto do DBBACEES quanto de um SGDB(SQL SEVER, ORACLE etc...), dessa forma a instalação ocorre de forma simples e sem a necessidade de grandes configurações.

 

Como visto anteriormente, a finalidade do TSS Off-Line é garantir que os ERPs consigam realizar emissão de documentos em contingência OFFLINE em casos de falhas de comunicação com o TSS Padrão (TSS On-Line). Dependendo do grau de necessidade da emissão do documento (como Emissão de NFC-e), o ideal que a instalação do TSS Off-Line seja feita no mesmo equipamento de instalação do aplicativo emissor da NFC-e, garantindo que a emissão seja realizada mesmo em casos de possíveis falhas na rede local.   

Quanto a integração, o TSS Off-Line conta com os mesmos Web Services disponíveis no TSS On-Line, utilizando o mesmo protocolo de comunicação com as mesma estruturas e validações. Isso garante que a integração ocorra de forma transparente para os ERPs

Embora todos Web service estejam disponíveis, em casos de falha de comunicação com TSS On-Line, apenas os serviços necessários para a emissão em contingência OFFLINE serão atendidos. Nos demais casos o retorno da aplicação resultará com Soap Fault.

Quanto ao fluxo de processamento dos serviços do TSS, podemos dividi-los em dois tipos: Serviços locais e Serviços atendidos pelo Fisco.

Serviços Locais

  • Cadastro de Entidades (Empresa)

 As requisições referentes ao cadastro de entidades, serão validadas e consultadas primeiramente na base local da TSS Off-Line e somente serão enviadas para o TSS Cloud caso o cadastro não exista ou esteja desatualizado na TSS Off-Line.

ERP envia a requisição para o TSS Off-Line, que verificará se a empresa já se encontra cadastrada, caso não existe esse cadastro a requisição será enviada para o TSS On-line para o efetivo cadastro e assim realizando cadastramento no TSS Off-Line

Em caso de alteração ou atualização de dados cadastrais, o cadastro será sincronizado com o TSS On-line.

 

 

  • Remessas de documentos

As requisições referentes a remessas de documentos serão validadas e passarão pelo processo de conversão e validação de leiaute (se necessário) e em seguida serão enviadas para o TSS On-line. Os documento que permitem a contingência OFFLINE, serão tratadas, retornadas ao ERP e ficarão em contingência na TSS Off-Line  até que os problemas de comunicação do o TSS On-line sejam sanados.

  • Conversão de leiautes de documentos;
  • Validação de estrutura de documentos;
  • Assinatura de documentos.

 

 

  • Configurações em geral(Entidades e documentos)

As requisições referentes as configurações serão validadas e consultadas primeiramente na base local da TSS Off-Line, e somente serão enviadas para o TSS Cloud caso a configuração não exista ou esteja desatualizada no TSS Off-Line.

 

Cadastro de certificado.                                                                                       Configuração.                                                                                                                                                                                     

  • Monitoramento  e Consultas de documentos
     Os métodos de consulta de documentos que permitem a contingência OFFLINE, deverão passar primeiramente por uma consulta na base de dados local do TSS Off-Line e em seguida consultadas no TSS On-line.


Serviços atendidos pelo fisco

  • Autorização de documentos 
  • Consulta de documentos


É importante observar que apenas alguns serviços de consulta estarão disponível localmente.

Os dados da entidade e de sua configuração serão mantidos tanto na base local como na banco de dados do TSS On-Line. Os documentos transmitidos em contingência OFFLINE serão armazenados na base local, SQLite, base de dados embarcado no próprio Appserver, ou seja, ao realizar a instalação do TSS Off-Line esta base local já será criada.

 

Arquitetura de Comunicação

A instalação da aplicação do TSS Off- Line deverá ser local, ou seja implementada no ambiente do client, portanto o TSS Off-Line funcionará como uma interface de comunicação entre os ERPs e o TSS On-Line (Padrão).

Nota

Foi mantida a integridade de interação do TSS com o ERP. Portanto não haverá a necessidade de adequação do ERP para o uso do TSS Off-Line.

O ERP apenas deverá ser configurado para se comunicar com o TSS Off-Line (MV_SPEDURL).

 

Instalação

A instalação e a atualização do TSS Off-Line são realizadas por meio de um executável que faz todo o processo de forma assistida. O instalador e o atualizador estão disponíveis no Portal do Cliente TOTVS, em https://suporte.totvs.com seção de Downloads e Atualizações. Em Outras Linhas de Produto, selecione o produto TSS.

Para maiores detalhes sobre a instalação acesse ao seguinte link.

Instalação do TSS 12 Off-Line no Windows.


Configuração do arquivo INI

Ao realizar o procedimento de instalação do TSS Off-Line será gerado o arquivo INI com a mesma estrutura do TSS ON-Line, porem adicionando com as seguintes seções.

 

Nesta seção do TSS Off-Line deverá ser colocada o endereço do TSS On-Line para que seja feita a correta conexão.

[TSSOFFLINE]

TSSOFFLINE=1

ONLINEURL=localhost    (Exemplo de endereço do TSS On-Line)

ONLINEPORT=8080       (Exemplo de endereço do TSS On-Line)

 

O Job responsável pela realização do processo de envio das requisições para o TSS On-Line. Verificará se o serviço do TSS On-Line está disponível, realizando o envio das requisições, consultas, e seus respectivo controle de semáforos.

Este procedimento será realizado enquanto a aplicação estiver disponível e a cada dois segundos.

[JOB_OFFLINE]

main=JOB_DLL

environment=SPED

 

Indica os nomes de seções para executar funções.

[ONSTART]

JOBS=JOB_OFFLINE

refreshrate=10

 

A partir do momento que o TSS Off-Line estiver corretamente configurado, a funcionalidade Off Line será ativada automaticamente caso haja a perda de comunicação com o TSS On-Line.

 

 

  • Sem rótulos